sábado, 28 de novembro de 2009

NUNCA DEIXE DE SONHAR -Kiko e Piska.

http://www.youtube.com/watch?v=IQNPOL2sNks


Há uma luz,em algum lugar,
que vai fazer seu sonho se realizar
É só você, acreditar
que uma nova estrela vai poder brilhar

Algo em você, vai despertar,
não duvide nunca,
você vai chegar,
Nunca deixe de sonhar (Nunca deixe de sonhar)

Há uma luz que não se vê
Brilha o tempo todo dentro de você
Há uma luz, em algum lugar
Que vai fazer seu sonho se realizar

Refrão
Está além do sol ou além do mar
Bem além do tempo, sei que há um lugar
Onde eu quero ir, onde eu quero estar
Ver a fantasia se realizar

terça-feira, 24 de novembro de 2009

O BEIJO III - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


O Beijo III


Como você está diferente,
Nem sei o que pensar.
Seu beijo foi tão contundente!
Naquele momento você se entregou.
Senti sua boca procurando a minha
Com muita volúpia e intensidade!
Foi apenas por um segundo
Mas você se assustou!
Eu também perdi o chão.
Você com medo se recolheu
E o que poderia ser amor,ficou só na amizade!

Poesia de Edinei Barbosa Alves.


Vê na vida a grande esperança
Vê a beleza do sorriso de uma criança
Faz ser eterno cada instante
Procura no belo o abundante

Vê a beleza na essência de uma flor
Procura na vida teu grande amor
Vê como são belas as estrelas, céu e mar
Não percas na vida o dom de amar

Haja o que houver, acredita que podes vencer
Pois ninguém paga nada por acreditar
E deixa que tudo de bom na tua vida possa acontecer

Sabemos que na vida somos grão de areia
Mas levamos a vida na veia
E de areia um castelo poderemos formar.

[Autoria : Edinei Barbosa Alves]

AMAR - ANDRADE JORGE.


AMAR

AMAR É INVADIR A NOITE
ILUMINÁ-LA COM O BRILHO DO OLHAR,
AMAR É ATRAVESSAR O IMPREVISÍVEL,
TRANSITAR NO MUNDO INVISÍVEL,
AMAR É OUVIR A VOZ AMADA
NO MAROLAR DAS ONDAS DOS MARES
NO SIBILAR DO VENTO,
É SENTIR O CHEIRO, O PERFUME
EM TODOS OS LUGARES,
AMAR É MAIS, AMAR É RECRIAR
É SENTIR O SABOR DO AMOR
EM CADA BEIJO TROCADO,
AMAR É TER ANSIEDADE
NA ESPERA DO ENCONTRO MARCADO,
AMAR É COMETER PEQUENAS LOUCURAS
PERDER O JUIZO, O SISO
PERDER O TINO
VOLTAR A SER MENINO
E DESCONTRAIR AS EMOÇÕES MAIS PURAS,
AMAR É VER O OUTRO SEM ESTAR PRÓXIMO,
ENFIM
AMAR É VIVER, ASSIM

ANDRADE JORGE
blog http://andradejorge.zip.net

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

FLUCK - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


FLUCK


Ainda lembro quando aquela bolinha
Amarela que cabia na palma da minha mão
Chegou!Não tinha nem trinta dias...
Ele comia vorazmente a sua comidinha
Feita com ração de filhote e leite...
Depois, foram as vacinas, vermifugação
Como um bebê humano.
Não tinha coragem de deixá-lo fora de casa...
Eu o embrulhei em uma manta azul
E ele dormia no quarto!
Os dentinhos foram chegando
E com eles, os sapatos, meias e roupas
Do varal foram se acabando!
Mas ele era tão fofinho,
Tão doce, tão engraçado,
Que eu não ligava...
Ele ficou tão mal acostumado
Que foi preciso um adestrador
Para educá-lo...
O rapaz vinha de Amparo!
Desde os primeiros dias todos
O amaram...
E ele corria pelo jardim (enorme)
E bem cuidado!
Apesar de Labrador, ele temia água
E nem perto da piscina chegava!
O tempo foi passando e ele conheceu
Da maneira mais dolorosa
Que com ouriço não se brinca!
Teve alguns espinhos enfiados na garganta!
E corria á léguas se um deles se aproximava.
Gostava de pegar sapos para brincar,
Batia sua pata neles e ficava
Esperando que eles corressem
O que nunca acontecia,
Pois eles se fingiam de mortos!
Com a idade apropriada
Ele foi apresentado á uma Labradora
Que lhe deu lindos filhotes.
Depois de alguns anos,
Mudamos para uma casa com terreno menor
E ele ficava no portão á espera de meu filho,
Com a cabeça entre as patas
E quando este chegava, ele pulava
De prazer e alegria!
Nosso enorme cãozinho
Adorava nadar nas águas do rio!
Depois de brincar bastante,
Ele se deitava e deixava - se
Ficar nas pedras, até seu pêlo secar.
E pulava de alegria quando pegávamos
A coleira, pois sabia que ia passear.
Nem percebemos que ele já tinha treze anos
E que na idade canina, ele era um senhor
Bastante idoso!
Então, aconteceu...
Nós estávamos lá quando ele morreu,
Não sem antes lançar um olhar de agradecimento
Com seus lindos e tristes olhos,
A meu filho e morreu!
Como última homenagem,
Ele foi enterrado na margem
Do rio onde viveu!

domingo, 8 de novembro de 2009

QUANDO VI QUE TE AMAVA - Maria Lúcia inocêncio Camargo






Quando vi que te amava
Maria Lúcia Inocêncio Camargo

Quando vi que te amava,
Não acreditei
Fora flechada novamente.
Não queria me apaixonar
Achava que já sofrera o suficiente.
Depois ri da minha bobagem.
Nem que eu fosse para Marte,
Nem que viajasse até Saturno,
Nem que morasse na Lua
Esqueceria tua imagem.
O tempo foi passando,
A paixão foi se firmando
E percebi que estava amando!

O PERFUME E O AMOR - Maria Lúcia Inocêncio Camargo





O PERFUME E AMOR - Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


Aquele perfume penetrou minhas narinas
E ficou dançando pela casa.
E eu pensei que perfume é esse
Que não enfraquece não se dissipa?
E os minutos e as horas foram passando
E aquele perfume só se espalhando
Pela sala, cozinha, corredor,
Invadindo os quartos e banheiros.
Até que cheguei à varanda
E vi várias árvores floridas
Com suas flores brancas
E perfumadas, plantadas
Em frente á minha casa.
Com o amor acontece o mesmo,
Ele chega e penetra nossa vida
Vem sutilmente e não percebemos
Está tão perto que nem notamos
E então, ele explode como as flores
Plantadas em minha porta.

PODE IR EMBORA - Bruno e Marrone



Pode Ir Embora
Bruno e Marrone
Composição: Jonathan Félix/ Waléria Leão


Procurei em outros braços sentir seu calor
Procurei em outras bocas sentir seu sabor
Procurei em outro corpo um perfume seu
Mais meu coração não te esqueceu
O amor é assim chega de repente faz a gente se perder
Ta marcado em mim não sai do pensamento querendo me enlouquecer
Pode ir embora deixe as lembranças que restaram de nós dois
Que a qualquer hora vai se arrepender e a saudade vêm depois
Não adianta segue seu caminho sem lembrar que um dia eu fui o amor da sua vida
Vai fecha a porta faz como se tudo não passasse de ilusão
Me ignora, destrói o sentimento e vai atrás de outra paixão
Esquece tudo prometo não chorar e nem tentar te convencer que um dia amei você
O amor é assim chega de repente faz a gente se perder
Ta marcado em mim não sai do pensamento querendo me enlouquecer
Pode ir embora deixe as lembranças que restaram de nos dois
Que a qualquer hora vai se arrepender e a saudade vêm depois
Não adianta segue seu caminho sem lembrar que um dia eu fui o amor da sua vida
Vai fecha a porta faz como se tudo não passasse de ilusão
Me ignora, destrói o sentimento e vai atrás de outra paixão
Esquece tudo prometo não chorar e nem tentar te convencer
Que um dia amei você
Pode ir embora deixe as lembranças que restaram de nos dois
Que a qualquer hora vai se arrepender e a saudade vêm depois
Não adianta segue seu caminho sem lembrar que um dia eu fui o amor da sua vida
Vai fecha a porta faz como se tudo não passasse de ilusão
Me ignora, destrói o sentimento e vai atrás de outra paixão
Esquece tudo prometo não chorar e nem tentar te convencer que um dia amei você

AMOR NÃO VAI FALTAR - Bruno e Marrone

http://www.youtube.com/watch?v=QF-eFfpBUNE



Amor Não Vai Faltar
Bruno e Marrone


Me diz o que você quer que eu te faça
Eu te faço amor
Me diz o que você quer que eu te diga
Eu te digo sim
Me diz o que você quer que eu te dê
E eu te dou meu bem (tudo de mim)
Eu faço o que você quiser
Só pra te ver feliz

Eu não vou parar
Eu vou mimar você até quando eu puder
Se isso é um defeito você pode até pedir pra eu parar
Mas isso é tão bom
Eu cuido de você, você cuida de mim
Se existe outro jeito eu prefiro assim
E quer saber, eu vou te amar
Assim, você quem vai cuidar de mim
Eu cuido de você e enfim
Amor não vai faltar

Me diz o que você quer que eu te faça
Eu te faço amor
Me diz o que você quer que eu te diga
Eu te digo sim
Me diz se você quer que eu adivinhe
Eu posso até tentar (descobrir)
Eu faço o que você quiser
Só pra te ver feliz

Eu não vou parar
Eu vou mimar você até quando eu puder
Se isso é um defeito você pode até pedir pra eu parar
Mas isso é tão bom
Eu cuido de você, você cuida de mim
Se existe outro jeito eu prefiro assim
E quer saber...

Eu não vou parar
Eu vou mimar você até quando eu puder
Se isso é um defeito você pode até pedir pra eu parar
Mas isso é tão bom
Eu cuido de você, você cuida de mim
Se existe outro jeito eu prefiro assim
E quer saber, eu vou te amar
Assim, você quem vai cuidar de mim
Eu cuido de você e enfim
Amor não vai faltar
Assim, eu cuido de você e enfim
Amor não vai faltar
Assim, amor não vai faltar

sábado, 7 de novembro de 2009

I REMEMBER YOU



I Remember You
The Pretenders

I remember you
I remember the first time we met
I may be a sentimental fool
Forever in your debt
For something i cannae forget
I remember you

I remember the first time we spoke
The sound of your voice like a lover's tongue
Got in my ear when i'd just begun
To wonder if springtime was through
I remember you

How do we change so easily?
You'll always be a part of me
I thought you'd never go
It shows you what i know

I remember the first time we slept
What a surprise to wake up to
Someone i hardly knew
From a sleep to a dream come true
I remember you



Eu me lembro de você
Eu me lembro a primeira vez em que nós nos encontramos
Eu posso ser um bobo sentimental
Sempre em dívida
Para nunca esquecer
Eu me lembro de você
Eu me lembro a primeira vez em que nós falamos
O som de sua voz como a língua de um amante
Entrando em minha orelha quando eu só tinha começado
Desejar saber se a estação da primavera tinha terminado
Eu me lembro de você
Como nós mudamos tão facilmente?
Você sempre será uma parte de mim
Eu nunca pensei deixar você ir
Mostrar-lhe para o que eu sei
Eu me lembro a primeira vez em que nós dormimos
Isso que é uma surpresa para se despertar até
Alguém que eu quase não conheço
De um sono para um sonho se torna realidade
Eu me lembro de você

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A FLOR DA TERRA Milton Nascimento e Chico Buarque.

http://www.youtube.com/watch?v=K8q95gSnLTs




O Que Será (A flor da Terra)
Chico Buarque
Composição: Chico Buarque & Milton Nascimento

O que será que será
Que andam suspirando
Pelas alcovas?
Que andam sussurrando
Em versos e trovas?
Que andam combinando
No breu das tocas?
Que anda nas cabeças?
Anda nas bocas?
Que andam acendendo
Velas nos becos?
Estão falando alto
Pelos botecos
E gritam nos mercados
Que com certeza
Está na natureza
Será, que será?
O que não tem certeza
Nem nunca terá!
O que não tem concerto
Nem nunca terá!
O que não tem tamanho...

O que será? Que Será?
Que vive nas idéias
Desses amantes
Que cantam os poetas
Mais delirantes
Que juram os profetas
Embriagados
Está na romaria
Dos mutilados
Está nas fantasias
Dos infelizes
Está no dia a dia
Das meretrizes
No plano dos bandidos
Dos desvalidos
Em todos os sentidos
Será, que será?
O que não tem decência
Nem nunca terá!
O que não tem censura
Nem nunca terá!
O que não faz sentido...

O que será? Que será?
Que todos os avisos
Não vão evitar
Porque todos os risos
Vão desafiar
Porque todos os sinos
Irão repicar
Porque todos os hinos
Irão consagrar
E todos os meninos
Vão desembestar
E todos os destinos
Irão se encontrar
E mesmo padre eterno
Que nunca foi lá
Olhando aquele inferno
Vai abençoar!
O que não tem governo
Nem nunca terá!
O que não tem vergonha
Nem nunca terá!
O que não tem juízo...(2x)

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Uma homenagem sincera - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


“O Destino une e separa as pessoas. Mas nenhuma
força é capaz de nos fazer esquecer de alguém
que nos fez feliz por um momento".


Tenho escrito muito sobre vários assuntos, mas há um que marcou minha vida indelevelmente. Foi o nascimento de meus dois filhos, uma menina e um menino.
Devo isso ao pai deles que corajosamente após fazer um exame e ser diagnosticado como estéril por um médico, resolveu consultar um especialista e se submeteu a um tratamento que durou seis meses.
Eu também fui submetida a um tratamento bem mais light, pois eram pílulas para aumentar a ovulação e o dele tratavam-se de injeções diárias.
Após os seis meses, recebemos a notícia de que eu estava grávida de nossa filha e quatro anos e meio depois veio nosso filho.
Para ele é esta poesia:

Você foi o primeiro amor da minha vida
Estávamos repletos de sonhos a se concretizarem.
Eu amei você mais do que a mim mesma
E tão grande amor não poderia durar
Eternamente sem trazer dores...
Você também foi meu primeiro homem...
(Outros depois vieram, mas sem aquele sonho).
Queríamos ser um para o outro o amante,
O amigo, o companheiro, o irmão, o pai...
Muitas personalidades juntas não poderiam durar...
Após o casamento e a chegada dos filhos,
Tomamos rumos diferentes...
Eu passei a ser mãe,
Você foi para o mundo!
Os sonhos começaram a se distanciar,
A convivência foi ficando difícil,
Nós não soubemos nos amoldar.
Foi uma separação tumultuada,
Com muitas idas e vindas
Advogados!...
Até que o divórcio chegou...
Hoje acredito que se tivéssemos pensado,
Não precisaríamos nos separar...
Mas nossos gênios eram difíceis...
E nenhum dos dois quis se anular...
Homens passaram por minha vida,
Mulheres passaram pela sua sem ficar...
Hoje, passados tantos anos,
A maturidade chegou
E com ela o entendimento
Que nos torna mais,muito mais
Que amantes, nos torna AMIGOS
Verdadeiros pais de nossos filhos!
E avós amorosos de nosso neto!

domingo, 1 de novembro de 2009

ESSE ALGUÉM SOU EU -Vitor Chaves

http://www.youtube.com/watch?v=LNLgUY9cmOI


Meu pensamento são flores perfumando o vento até você
Meu momento, instante em que choro por não te ter
Me abraçando, beijando o meu sorriso e dizendo assim:
Não sei como esse amor começou, só sei que não tem fim
Mas alguém, alguém não vai ficar no pensamento
Vai chegar inesperadamente embaraçando o seu olhar
Te deixando por inteiro apaixonada
Esse alguém sou eu
Ai ai ai, sou eu
Você não vai resistir, não vai entender
Esse alguém sou eu Ai ai ai, sou eu
Tudo o que for só será, dos pés ao céu
Pra eu amar... amar você
Mas alguém, alguém não vai ficar no pensamento
Vai chegar inesperadamente embaraçando o seu olhar
Te deixando por inteiro apaixonada
Esse alguém sou eu
Ai ai ai, sou eu
Você não vai resistir, não vai entender
Esse alguém sou eu
Ai ai ai, sou eu
Tudo o que for só será, dos pés ao céu
Pra eu amar... amar você ...

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...