domingo, 21 de agosto de 2011

CHAMA-SE SAUDADE - Betânia Uchoa


Chama-se saudade
Betânia Uchoa

A minha insônia tem um cheiro
A minha insônia tem uma cor
A minha insônia tem tamanho,
Uma voz de locutor.

A minha insônia tem um gosto
O gosto de beijos e amor
A minha insônia tem o som das palavras.
Sussurradas em minha Língua, na tua Língua,
Em tantas Línguas, mas no som se fazem entender.

A minha insônia encoberta o real significado
da saudade, do que realmente é ser feliz.
A minha saudade tem o tamanho de uma lágrima
Vagarosa a descer pela face
.
A minha saudade tem o tamanho certo de um abraço.
A minha saudade tem o tamanho de um olhar,
cheio, quente, amoroso, brincalhão, sério em sua paixão...
E ele abrange todo o meu universo.



Falou muito ao meu coração.Por isso publico e coloco minha foto.
E dedico ao meu colorido amigo com a permissão da autora.
Chama-se saudade o que sinto .Teus beijos não esqueço, nem teu abraço, nem tua voz de veludo,nem tua risada escancarada e difícil.

TEU CORPO - Betânia Uchoa.


Teu corpo

Teu corpo já me conhece,
Minha essência, minha presença.
Teu corpo se fez de templo
Meu protetor, meu cobertor,
Onde encontro acolhida.
Teu corpo, cada célula,
Meu céu, minha morada.
Teu corpo, meu abrigo,
Onde deposito,
Minha alma,
Minha vida.


Betânia Uchôa

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

OS CHAMADOS - Maria Lúcia inocêncio Camargo.


OS CHAMADOS
Maria Lúcia Inocêncio Camargo



Olhei o meu celular e vi duas chamadas suas
Relutei em devolver a ligação
Pois você maltrata demais meu coração
E confesso que não pensava querer você tanto
E o que é combinado assim será.

Nunca perguntar quando voltará
Jamais falar sobre o que você fez
Até que você queira falar.
Isso é um relacionamento aberto!
E há dois anos combinamos assim
E confesso isso era favorável á mim.
Pois não desejava mais dividir minha vida
Depois de levar uns tombos bem feios
Que me deixaram tonta, em devaneios...
Em choque muito triste.
Jurei á mim mesma nunca mais viver com ninguém!
Então seu telefonema mexeu comigo
E o medo me paralisou por dois dias.
Tive coragem e disquei.
Sua voz me atendeu...
Perguntei se você queria comigo falar
Você de poucas palavras
Disse:- Sim.
E riu! Aquele riso que me desconserta
Eu rí também!
E meu Deus, meu corpo endireitou.
A minha pele floresceu
Meu coração mais forte bateu.
Tudo isso, por um riso seu!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

ESTOU BEM AQUI - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


ESTOU BEM AQUI.
Maria Lúcia Inocêncio Camargo

Estou bem aqui
Pertinho de você!
Minha risada fica escondida
Guardada, ferida!
Não mais os bingos,
Não mais os bares
A esses com certeza não vou
Fico em casa recolhida!
Quase sempre vou á igreja
Prestar culto ao Senhor!
Mudei minha vida
Hoje sou mais contida.
A vida mundana não me apetece
Troquei as músicas profanas
Por hinos de Louvor!

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...