quinta-feira, 23 de dezembro de 2010


Neste ano perdi muito :-pessoas, coisas...
Fiquei triste acabrunhada
Porém, de repente recebi noticias de vida nova:
Sobrinha, sobrinho, neta ,
Que me fizeram reconhecer que a vida continua...
E como se isso fosse pouco,
Deus presenteou-me com um amigo,
Um amor maduro e maravilhoso
Que me completa e me faz acreditar
Que não existe idade para amar...
E o Natal invadiu minha vida.
Deixou-me mais feliz mais doce.
Você também é responsável por isso.
Que o Ano Novo venha ao nosso encontro
E coloque cada coisa em seu lugar...
Que os problemas fiquem bem longe!
E um ano radioso venha nos saudar!
Que a Saúde seja uma realidade,
Que o Amor invada nosso vida...
Que a Prosperidade nos abençõe!
Que 2011 seja o ano dos desejos realizados.

Amigos,
Esses são os meus mais sinceros votos.

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

PRECISO TE FALAR - TIM MAIA E GAL COSTAR


Hoje eu me senti como numa tarde de domingo.
Obrigada pela sua presença.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010


Caderno de Poesia
(Jorge Luiz Vargas)

Nas minhas páginas em branco, todas cheias de retilíneas, jamais imaginei ter meu pranto ou ter alegria, nem receber os rabiscos de um poeta em minhas linhas.

De repente em mim vieram sentimentos, alegrias, dores, felicidade e lamentos. Histórias tiveram começo, meio e fim. E todas elas foram contadas apenas em mim.

Me vi molhado com lágrimas e em mim rios desaguaram. O som do mar se fez ouvir, prantos se enxugaram.
Nas minhas páginas brancas e em branco, a lua e as estrelas brilharam. O sol refletiu seu calor, aquecendo amor e desamor. Histórias acabaram em alegria, outras em prantos, outras em dor.

Nas minhas linhas, caminhos foram traçados. Carinhos e carícias foram trocados. Paixão e amor foram sentidos. Despedidas e adeus foram chorados. Em mim se desenharam cores e flores. Tem perfumes, pássaros e canções. Tem corações repartidos por amores, amores que tiveram que partir, um grande amor que jamais terá um fim e sonhos que acordaram ou tiveram que dormir.
Tem dor, tem sangue, tem arte, tem coração. Tem Deus e o sentimento vivo do poeta. Tem transpiração e inspiração. Tem amor e paixão, alegria, tristeza e festa. Tem os sentimentos do poeta e a alegria de viver sua eterna Rosa Poesia.

Ontem uma página em branco com linhas esperando a escrita.

Hoje, tenho tudo e sou tanto. Tenho alma, tenho encanto, tenho vida...
E continuo sendo... Um caderno de poesia...
Do meu poeta.


Jorge Luiz Vargas

domingo, 12 de dezembro de 2010

SENHORA DE TUDO - Betânia Uchôa.


Senhora de tudo



Sinto teu beijo deslizando
pelo meu corpo em flor.
Sinto tua voz, que
como água, banha minha mente
com palavras de amor.
Sinto você, um alimento,
para o meu ser carente,
de teu amor.
Sinto-me assim, cachoeira,
brisa passando, um sol
que queima, música
que acalenta, desejo
que inflama, sou o próprio
Universo, repleto de vida.
Me sinto senhora de tudo,
quando eu estou com você.

Betânia Uchôa

VISITEM BETÂNIA UCHOA - INVERSO

Sinto-me assim quando você chega
Ou telefona para mim !
Mas não digo nada.
Tenho medo de você fugir de mim!
Maria Lúcia.

sábado, 11 de dezembro de 2010

PESCADOR DE ILUSÃO - Betânia Uchôa


Pescador de Ilusão

Te vejo a olhar a luz da lua crescente
Passeio pela sua mente, sua consciência,
Pesco sua fantasia, sem clemência,
E te deixo a olhar o vago, alma demente !

Quando nos sonhos me deste morada,
Contente, fisguei-lhe o ar de solidão,
Que veio doce, inocente, mas adornada
Pela candura e beleza do teu coração !

E te vi assim na noite, parecendo um anjo,
Alheia aos sonhos perdidos, sem ilusão.
Lembrarei do seu beijo e do seu engano;

Mas para ti, não passarei de fantasia
Ficarei como uma lembrança, uma canção.
De uma noite de amor vivida naquele dia !

Betânia Uchôa

ESQUEÇA O PASSADO- Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Esqueça o passado!
Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


Venha,
Embale meu corpo,
Dê-me a vida!

Dou-lhe de presente,
O melhor de mim,
O que nunca dei
Nem nos mais loucos sonhos...

Olho seus olhos
E os vejo famintos
Querendo e não querendo
De saudades morrendo...

Porque não esquecemos
Quem nos traiu um dia?
Porque precisamos
Mostrar ao ser ingrato
Que felizes somos?

Tente curar a dor,
Dê uma chance ao coração
Por que viver essa desilusão
Porque desejar o impossível?

Seu olhar se perde no infinito,
Sua mão segura a minha.
De repente, você a solta.
E a rejeição sofrida volta!

Até que quase num grito digo:-
Quem é essa mulher que você espera?
Esqueça!Fica comigo!
Mas não emito um som!
Somente espero!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

PERFIL SOB MEDIDA - Betânia Uchoa


Perfil sob medida

Não. Não quero o negativo.
Quero livre os meus sentidos,
quero a rosa ainda em botão,
acordar sorrindo,
ver algo banal, e achar isso e tal.

Quero a descomplicação da vida,
o abraço, a acolhida.
Segui andando, cair e levantar,
errar e acertar...
tudo dentro da medida.

Não pensar no errado,
se isso e aquilo pode ser pecado,
que a pureza me guie o coração,
e que ele comande a minha mão,
ajudando a trabalhar a união.

Quero aquele beijo desejado,
o abraço apertado,
gritar alto uma canção...
tropeçando na risada,
ri da minha cara engraçada.

Ri junto, ri solto, ri feliz...
Ser tudo, tudo e mais um pouco,
gostar de ser essa pessoa sob medida,
gostar dessa vida,
gostar de ser realmente feliz.

Betânia Uchôa

sábado, 4 de dezembro de 2010

Vivenciando as Igualdades - Maria Lucia Inocencio Camargo.



Gostaria muito de agradecer á todos os envolvidos na FEIRA DO LIVRO DE SOCORRO de 2010(FELISO)que usaram minha poesia no encerramento da feira.
De coração, muito obrigada! Me senti muito honrada.


Vivenciando as igualdades respeitamos as diferenças.
Maria Lúcia Inocêncio Camargo


É a mistura das culturas,
Das várias etnias,
Dos sabores regionais.
Os lindos lugares,
A exuberância das cores,
A alegria do povo
Que faz o Brasil
Tão conhecido lá fora.

A cor bronzeada,
Os cabelos loiros,
Pretos, ruivos...
Os mulatos,
Os caboclos,
A diversidade do linguajar.
Tudo isso é único!

Barreado no Paraná
Acarajé na Bahia,
Pizza em São Paulo,
Feijão preto no Rio.
E viva as diferenças
Da comida do dia a dia.

O que não pode ser diferente
È o respeito e consideração
Que devemos á toda gente.

Trabalhar as diferenças,
Vivenciando as igualdades,
Esse o desafio do professor,
Do conhecimento mediador.
Detentor de um crítico saber.

Combatendo o preconceito
E discriminação ligada
Á raça, gênero, ás deficiências,
Á idade e á cultura, extraindo
O valor universal desse conhecimento,
Viveremos muito melhor!

PESSOAS - Betânia Uchôa

Scraps
Recados animados



Pessoas

Há pessoas que não encontram
no decorrer de suas vidas,
um sentido, algo que lhes
dê contentamento, nem chegam
aos lábios, a bebida da alegria.

Há pessoas que vivem abastadas
em um meio cheio de riquezas
mas trazem no peito tristezas,
e o dinheiro não compensa essa
falta de alegria.

Há pessoas, que são boas,
e em sua bondade, são generosas
cada sorriso doado, volta
em proporção ao tamanho
do seu coração.

Pessoas boas e sinceras
te olham nos olhos, refletindo
esse sentimento nobre,
todos os dias....fazendo a diferença
em nossas vidas.

Betânia Uchôa

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...