quinta-feira, 30 de abril de 2009

Amigo Apaixonado

http://www.youtube.com/watch?v=vgM6S7r30PM


Pensando bem, eu gosto mesmo de você
Pensando bem, quero dizer
Que amo ter te conhecido
Nada melhor que eu deixar você saber
Pois é tão triste esconder
Um sentimento tão bonito

Hoje mesmo vou te procurar
Falar de mim
Sei que nem chegou a imaginar
Que eu pudesse te amar tanto assim

Refrão:
Sempre fui um grande amigo seu
Só que não sei mais se assim vai ser
Sempre te contei segredos meus
Estou apaixonado por você

Esse amor entrou no coração
Agora diz o que é que a gente faz
Pode dizer sim ou dizer não
Ser só seu amigo não dá mais

AMOR JOVEM - Sueli Andrade(Poetisa das Marés)


AMOR JOVEM
Este teu amor tão jovem que me ofertas,
tão impulsivo e tão doce quanto teu olhar!
Tão insistente, tão inconseqüente mas,
mesmo assim, tu me persuades, nele, a mergulhar.

Esta tua mania de me enviar torpedos,
me monitorando o dia todo com teu carinho,
tua paixão sem caminhos percorridos,
sem vícios sulcados no chão,
deixa em mim o teu desejo explicitado,
vivo e marcado dentro do meu coração.

Esta tua vontade de me amar,
de ser tão meu, de me querer,
de me guardar em ti num abraço cálido,
entre beijos deslizantes a começar da boca,
beijada como num sufrágio,
desejando meu porto pra ancorar...
Estamos apaixonados,
queremos, no mar do amor e da paixão,
velejar!

Ah, amor jovem, amor intenso,
amor de fera querida, desinibida,
não importa o tempo caminhado da gente,
só vale entre nós este tempo parado
que parece não haver tempo
quando nos falamos, horas a fio, noite adentro...
Este amor louco em que nos transformamos,
em que somos, amor nosso,
amor fervendo, amor sendo,
nós dois, sem barreiras, absurdamente nos querendo.

EU SOU DONA DOS MEUS CAMINHOS



Eu sou dona dos meus caminhos
Dos meus sonhos, dessa dor.
Essa dor também é apenas minha.

Eu sou dona das minhas escolhas
Se fico na encolha
Se planto e se colho.
Eu sou dona das minhas raízes.

Eu sou dona dos meus sonhos
E me responsabilizo,
Na impossibilidade de alguns deles
Não poderem se concluír!

Eu sou dona dos meus gestos
Se adoro e se detesto
Vozes! E outras coisas que espero
Nem comentar aqui.

Sou dona das minhas viagens
Nas minhas bagagens levo tão somente
Quem queira me seguir.

Eu nem quero ser precisa
Se precisar justificar
Cada tentativa frustrada
Cada estrada desviada,quero apenas ser feliz.

Sou dona da minha vida, da minha viola
As minhas esmolas quem conta sou eu
O meu diploma está na minha parede
E eu só quero uma rede e um pouco de Deus.

Eu sou dona das minhas frivolidades
E fico à vontade pra dizer adeus.
Eu sou dona de tudo e nada possuo
Mas tudo o que tenho é somente eu!

(Cristhina Rangel)

domingo, 26 de abril de 2009

SUSAN BOYLE - E o Preconceito- Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

http://www.youtube.com/watch?v=hn7So0NC74s

Definições de Preconceito na Internet:

Preconceito é um juízo preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude discriminatória perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou "estranhos". Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém ao que lhe é diferente. ...
pt.wikipedia.org/wiki/Preconceito

conceito formado com base em julgamento próprio que exige tom depreciativo da diferença; análise tendencioso; discriminação provocativa
pt.wiktionary.org/wiki/preconceito

é uma indisposição, um julgamento prévio negativo que se faz de pessoas estigmatizadas por estereótipos.
www.clarocurtas.com.br/CURTAS/paginas/glossario.jsp

Opinião ou atitude sobre um indivíduo ou grupo, normalmente com conotação negativa, que não é baseada em informação exacta.
redeciencia.educ.fc.ul.pt/proxy/glossario.htm

Como seu nome indica, é um pré-conceito uma opinião que se emite antecipadamente, sem contar com informação suficiente para poder emitir um verdadeiro julgamento, fundamentado e raciocinado. Ao contrário do que se possa pensar, são opiniões individuais. ...
www.saude.rio.rj.gov.br/cgi/public/cgilua.exe/web/templates/htm/v2/printerview.htm

Definido aqui como um julgamento prévio rígido e negativo sobre um indivíduo ou grupo, o conceito deriva do latim prejudicium, que designa um ...
jorgevanzuit.com/coneceitos_terminologia.htm

preconceitos - é um procedimento lógico de nossa auto-reflexão crítica tomarmos consciência do que, inconscientemente, já tínhamos pensado como evidente. ...
www.ccs.ufsc.br/psiquiatria/98dest-pre.html

PRECONCEITO
Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

A primeira vez em que fui á minha psicóloga, ela me disse exatamente isso:-"Que preconceito é uma opinião individual que se emite antecipadamente,sem informação suficiente para ter um julgamento verdadeiro,fundamentado e raciocinado"
Isso me fez pensar durante muito tempo e eu vi que eu era uma pessoa preconceituosa de muitas formas que eu nunca tinha visto como preconceito.
Muitas coisas que eu pensava,não passavam de preconceitos disfarçados.
E ainda agora,vendo o vídeo sobre essa mulher, vejo que o preconceito ainda existe dentro de mim e que devo continuar pensando sobre muitas coisas que não imaginava.
Os preconceitos racistas,são os mais vistos e reconhecidos, mas existem vários outros
que quase passam desapercebidos.
Que um negro com um carro bonito só pode ter roubado o carro, que uma loira é sempre burra.Que uma mulher madura com um jovem é porque está comprando o homem.Que uma mulher bem sucedida financeiramente não tem condições de ter um homem interessado nela,só no seu dinheiro.Preconceitos sobre gordos, magros,altos e baixos. Piadas sobre negros,portugueses.Preconceito sobre opção sexual.Apenas para citar alguns.
Muitas vezes uma pessoa talentosa não tem sucesso por puro preconceito,por causa de sua cor,altura,etnia.
Espero que esse vídeo de Susan Boyle sirva não apenas para que vejamos que ela é uma ótima cantora, mas que abra nossos olhos para que deixemos o preconceito de lado.
Tenho passagem entre brancos e negros e por parecer branca,ouço preconceitos dos dois lados e fico muito mal.Ás vezes deixo passar, outras, não me contenho.
Dentro da própria família,multi-racial,ouço preconceitos e não gosto.
Espero sinceramente, que o ser humano melhore, pois falta muito ainda para melhorar.

PRIVILEGIO - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


PRIVILÉGIO
Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

Conhecer você dessa maneira,
sentir suas mãos suaves passando
pelos meus cabelos, pêlos,sentir
o prazer percorrendo meu corpo.

Gemer,gritar, esperar,amar,
como nunca fui amada .
Teu corpo, sim é de ébano,
forte, rijo,na medida certa.
Gostoso, cheiroso, macio.

É outra condição,
você é livre como um pássaro,
que precisa alçar voos mais longos.

Com delicadeza,você me ensina
a ser mulher.Nada será igual,
depois daquela noite iluminada,
onde deixei a vergonha de fora
e me entreguei como nunca antes.

Talvez você tenha se assustado
com a minha ousadia.
Mas com você realizo
os meus sonhos de mulher.

Nunca gemi tanto com alguém.
Você desnuda o meu corpo,
e me ensina com voz suave,
porém forte , e decidida
o que eu devo fazer.
É um prazer partilhado.
Nossos corpos molhados,
nossas pernas entrelaçadas,
nossos beijos que eu tonta,
estraguei com o cheiro do cigarro.

Mas você foi tão gentil,
disse-me , não precisa fumar.
Depois que você foi embora,
eu peguei aquele maço,
amassei, bem amassado
e no lixo eu joguei.

Era verdade,o que faltava
pra mim, era sair do sonho,
da obsessão e ,partir para a ação.

Ainda lembro o que vivemos,
e espero viver mais ainda.
Mas engraçado, estou calma,
minha alma leve e tranquila.

Depois que você saiu,
Deitei-me na minha cama,
fechei meus olhos e dormi.
Como há anos não dormia.

Estou leve, livre e solta,
acho que o que me faltava,
era uma boa noite de amor!

VEM PARA MEUS BRAÇOS -* Amaro Pereira.*


Vem para meus braços”

Quero sentir o seu cheiro,
Te agasalhar no meu peito,
Amaciar os teus cabelos,
Te acariciar do meu jeito.

Vem ao meu encontro
Exalar o fluido do amor...da paixão,
Nos envolver no prazer...aquecer,
Viver uma grande emoção.

Vamos nos abraçar...amar
Juntinhos adormecer,
Molhado,cansado...suado,
Lado a lado amanhecer.

Vem para meus braços
Ocupar os espaços do universo
Vamos ousar, delirar ...murmurar,
Nas rimas do meu verso.

(amaropereira)

AMOR E PAIXÃO - Dolandmay



Amor e Paixão!

Como é lindo o teu Amor! – é vida...
Como é quente a tua Paixão! – é chama;
É o alimento da minh’alma que derrama...
É meu sangue que escorre... sem saída.

É o meu jardim e minha alva florida;
É o ardor, o fogo que me inflama...
Quando aos ouvidos diz que me Ama,
Em voz rouca, baixinha e estremecida:

O suor de teu corpo é o meu vinho,
É a minha fonte de água iluminada...
E a tu'alma, é a luz do meu caminho...

Sem o langor do teu colo não sou nada.
A tua alcova cheirosa é o meu ninho...
E o meu ardente coração, é a tua morada!

(Dolandmay)

AMOR - Maria Lúcia Inocêncio Camargo.



AMOR
Maria Lúcia Inocêncio Camargo

Amor,
Sentimento que faz delirar,
Que nos traz paz,
Que nos ajuda á viver!



Amor, de todas as cores,
De todas as raças.

Amor, que nos torna
Mais felizes,
Que é tudo enfim.

Amor, que nos mostra a verdade
Que tudo entende, que tudo suporta,
Amor, que não fecha,
Abre a porta da percepção.

E quando é correspondido,
É o sentimento mais lindo,
Pois nos leva até Deus.

A VOZ - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


A Voz
Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Aquela voz inconfundível,
Grave, profunda,macia,
Que veio através das ondas
Eletromagnéticas do celular,
Com simples palavras
breves:-tudo bem?
Foram um refrigério na alma
De quem estava aflita,
Em dúvida.

Então, tudo se esclareceu,
A dúvida não existia mais,
A aflição desvaneceu.

E aquele homem que estava longe,
Mas bem perto do seu coração,
Com toda sua experiência,
Com uma simples pergunta,
E uma breve explicação,
Fez o mundo ficar lindo
Como nunca fora então.

O CORPO - Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


O CORPO

Ele chegou
recebeu um abraço
de saudade
E teve medo.
Medo de se entregar,
Amar,ou fazer sofrer.
Ela esclareceu.
Era uma saudade
De seu corpo,
Que é bonito,
Cheiroso.
De suas mãos ,
Grandes,
Experientes.
De seu sexo rijo,
Que preenche
Que não deixa
Um milímetro
Sem preencher.
E ele entendeu
E lhe deu
o que veio lhe dar.
E ela ficou saciada,
Totalmente
Prenchida.
Como há muito
Tempo não ficava.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

TODA VEZ QUE VEJO VOCÊ - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Toda vez que vejo você
Admiro seu corpo
Tão bonito,tão másculo,
Sua pernas bem torneadas,
Seus braços bem definidos
Suas mãos, seus dedos longos,
Mãos de artista!

Seus lábios carnudos,
Suas orelhas bem feitas,
Sua cor tão bonita,
Que destaca minhas mãos
Pequenas e nervosas,
Que não conseguem ficar
Quietas perto de você.

Fico imaginando
Que você é um principe
Que está por aqui,
E que é dono do seu palácio
Onde reina absoluto.

E eu olho pra você
Que devolve meu olhar
Sem falar nada.
Imensa interrogação
Cresce em seu rosto
Que parece talhado
Em uma madeira nobre.

Você não é uma pessoa
De grandes arroubos.
É sério, perfeccionista
Ao extremo.Tanto que estuda
Sem parar,para melhorar
O que já está ótimo.

E o seu perfume gostoso
Penetra minhas narinas,
Junta-se ás minhas coisas
E fica no ar bailando,
Até depois de você ir.

Eu abraço o travesseiro
Onde sua cabeça repousou
E onde seu cheiro ficou.
Durmo abraçada com ele,
Relembrando o que passou.

SINTONIA- Cida Andrade




SINTONIA

Aprendi com você a saber o que é uma unidade; a ouvir o que não chega a ser dito, porque sinto o que você pensa e você pensa o que eu sinto. O melhor ainda é que cada um sabe de si, sabendo da privacidade do outro.

Aprendi a conhecer seu silêncio e entender seu dicionário mudo, apenas pelo seu olhar; não preciso de palavras para saber sobre você e sei que você também não precisa delas pra me entender pois, sabemos o que sentimos.

Aprendi a respeitar o mistério que nos une; a força que nos comanda e a energia que sentimos; estou aprendendo a respeitar a capacidade de termos uma sintonia que nos liga a mesma frequência nos fazendo um canal de poder, exercido com alguém, criado por uma energia que emana de uma força maior.

Aprendi com você o valor de sermos um e sermos dois... sermos dois e sermos um... é um estar juntos mesmo separados, numa integridade única de quem sabe o que se quer e o que se sente; estou aprendendo com você a sentir os reflexos dos sentimentos quandos eles se confundem e não me deixam entender nada do tudo que ainda não sei, fazendo com que sinta em mim o que vejo em você.

Aprendi com você e com nossa sintonia, que tenho muito o que aprender.

(Cida Andrade)

NÃO QUERO ROMANCE - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


NÃO QUERO ROMANCE - Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

Não quero romance.
Meus relacionamentos
Românticos não deram certo.

Hoje, quero apenas
Os momentos em que juntos,
Tomamos um bom vinho.
Você me puxa
Pros seus braços
E, nesse abraço
Esquecemos tudo.

E conversamos,
Rimos,
Trocamos idéias.
E como não envolve sentimentos,
Podemos ser verdadeiros.

Até quando?
Não sei!
Só sei que você
Me leva ao sétimo céu.

E quando voltamos,
Podemos terminar nosso vinho,
Conversar,rir,brincar...
Trocar idéias.

Você sabe tudo de mim,
Eu sei tudo sobre você.
Onde vai, onde vou,
Com quem, porquê...

Esse relacionamento,
Tão feito de verdades,
É bom.É o que temos!

Passado?Ficou prá tráz.
Futuro?Não chegou ainda.
O presente são esses momentos!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

COMO É BOM CONTAR COM VOCÊ - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


COMO É BOM CONTAR COM VOCÊ.

Como é bom contar com você nos momentos em que ficamos juntos.
Como é bom sentir os seus braços fortes em torno do meu corpo que necessita de calor para levar a vida.
Como é bom sentir suas mãos me massageando com tanta ternura.
Como é bom rir com você, tomar nosso vinho meio-seco, jogar conversa fora.
Mas o que gosto mesmo é quando você me abraça e me trás pra perto do seu coração.
São momentos inesquecíveis!
Gosto demais do seu sorriso,do seu olhar cúmplice, da sua voz forte e ao mesmo tempo suave me direcionando para o amor.
Gosto de tocar sua pele tão macia,seus braços,suas pernas.
Vivo o hoje, sem pensar no amanhã e nunca fui assim.
Aproveito cada segundo em que estamos juntos e sinto isso como um presente.
Tudo o que pedi uma única vez, você me dá.Não temos compromisso mas nosso relacionamento é pleno de verdades, pois podemos conversar sem medo algum.
Eu cuido da minha vida, você cuida da sua e assim vamos vivendo.
Estou irreconhecível para mim mesma, pois me destravei, aprendi a dizer não, estou me valorizando muito mais.
Eu que era uma mulher repleta de pudores,com você consegui me soltar,pois sinto que você não vai me julgar como os homens costumam fazer.
Mas quando você me pergunta se quero conversar e eu lembro tudo o que podemos viver,eu prefiro ficar calada e receber seus presentes inesquecíveis.


terça-feira, 21 de abril de 2009

DETESTO FERIADO!Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


Essa dor que me machuca,
É tão triste essa dor!
Vem e vai, vai e vem!
É sempre assim,
Quando o feriado vem!
E prolongado então,
Nem pensar!
Que droga é feriado!

Quando os filhos eram pequenos,
O pai vinha buscá-los
Para deixá-los com... a avó
E ia viajar com a namorada!

Há muitos anos sofro
Quando o feriado vem,
Eu fico só e triste!
Sempre foi assim.
E hoje os filhos crescidos,
Aproveitam o feriado
Para visitar o pai,
a familia do pai,
a mulher do pai...

Detesto feriados prolongados,
Eles prolongam minha dor
De ficar sózinha,sem ninguém!

Filhos viajam, netos viajam,
Namorado trabalha.
Amigos não viajam
E são eles que me ajudam
A passar incólume esses dias.
Que droga,quando o feriado vem!

E os programas da tv são entediantes,
Viajar no feriado nem pensar.
Detesto estrada cheia,
Praia cheia,hotel lotado,
Aeroporto lotado!

Não,prefiro ficar em casa
A viajar sózinha,
Sem ninguém!
E quando o feriado vem,
Dinheiro pra familia
E prá gente,
Nem pensar!
Detesto feriado!

Ainda bem que são poucos dias.
Se fossem mais,não aguentaria.
Que saco é feriado!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

AUSÊNCIA- Adriana Mallet


Ausência
.
Minh'alma se perdeu
No âmago do amor proibido...
Sua ausência devora minha paz...
Vivo entre a razão e a emoção...
Entre a estabilidade de uma vida sem luz...
E a loucura de sentir,
o sabor da vida em seus lábios!
Seu amor me trouxe alegria de viver!
Mas sinto dor!
Sua ausência invade minha existência...
O brilho dos seu olhos,
é a luz dos meus dias cinzas...
Sinto dúvidas no seu silêncio...
Não mais consigo alimentar,
a esperança de um futuro em nós!
No presente, você está ausente.
Arrisquei tudo...
Declarei ao mundo,
o meu amor profundo!
Mas meu grito de dor,
não alcança seu coração...
Estou morrendo...
Como uma flôr sem jardineiro,
sou sem teu amor!
Me sinto cair,
no abismo da sua
Ausência!
.
Adriana Mallet

domingo, 19 de abril de 2009

PRIMEIRA NAMORADA.


PRIMEIRA NAMORADA

Como é bom sabê-la feliz!
Vivemos um lindo romance.
Cidade pequena do interior
Lá vivemos o nosso primeiro amor.
Pela manhã bem cedo:
Tirar leite da vaca, alimentar as galinhas e cuidar do cavalo.
Ah! Mas à tarde!
Nosso encontro era sagrado.
Corríamos a brincar pelas paragens
Subindo nas árvores e fazendo traquinagem.
Depois, à sombra de uma árvore nós sentávamos,
De mãos dadas, beijos, trocávamos.
Mas chegou o dia!
Para um destino desconhecido eu segui.
Minha família pra cidade grande partia
Mas de você eu nunca esqueci!
Hoje, estamos casados.
Mas, na lembrança temos guardado.
O amor que nós vivemos na infância
Jamais será apagado!

Autor – GUERREIRO DA LUZ –Edu Sol

Publico em homenagem á todos os amores que passaram por nossas vidas.Cada um deles tem um lugar especial no nosso coração.Amamos de variadas formas.
Porém, creio que o maior e o melhor amor é sempre..o Último!Aquele que vivemos no presente ,que nos acolhe, nos dá vida, nos aquece com seus braços verdadeiros.Aquele que nos ouve, nos fala... Sim,o melhor é sempre o Último, pois a experiência conta muito!
Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

...AS LÁGRIMAS LAVAM A ALMA!


...As Lágrimas Lavam A Alma!

Delasnieve Daspet

Há quem goste de cutucar feridas;
De ver o sangue pingando;
Não deixar o machucado secar,
Não permtinto que lindas quimeras
Voltem a sonhar...


Os tempos mudaram mas a dor de cotovelo,
A possibilidade da perda,
A dor contínua da espera,
Do amor que esta fadado a morrer...
Angustiante, permanecem únicos,
Nos fazendo esmorecer!


Quando se perde um amor,
O vazio e a desilusão, são iguais.
Não se come, não se dorme, não se vive,
A tristeza atravessa o peito, o ar se esvai.
E todas as noites, no travesseiro amigo,
Depositário de nossas lágrimas,
É que encontramos consolo e paz...

Ah! quem já não passou por esta dor?!
Quem já não encheu um amigo de lamúrias,
Já não fez loucuras ?

Vou fundo na tristeza,
Busco dentro de mim o meu eu.
Procuro as respostas que não chegam...
Infinitamente reverbero
Do reflexo de luz que emana
No vento, na luz, n´ água , nas chamas,
E descubro, em nublado olhar, que
As lágrimas lavam a alma!

sábado, 18 de abril de 2009

VISITA-Betânia Uchoa


Visita
.
Então eu vim,
.
Me espalhei em seu sofá
abri suas janelas,
deixando a cor entrar,
vi tuas fotografias
suas caras e bocas,
anos e anos de histórias...
.
Abri seus armários,
Fiz algo gostoso de comer,
vasculhei tuas músicas de A a Z...
Escolhi aquela que lembra o ontem...
.
Me vi abrigada,
pela sua presença na ausência
e de tanto te esperar
te achei no sonho
e enfim acordei.
.
Betânia Uchôa

quinta-feira, 16 de abril de 2009

http://www.youtube.com/watch?v=i72K7qqYpgwhttp://www.youtube.com/watch?v=i72K7qqYpgw

O ESCORREGADOR - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


ESCORREGADOR
Maria Lúcia Inocêncio Camargo

Dedico este poema á pessoa especial que me fez recordar esse tempo, VOCÊ!



No jardim de infância,
brincávamos no parquinho
da escola ou da praça.

Brincadeiras de roda,
amarelinha,pique,
balancê,ponte-pensil,
brincadeiras de criança.

Era tão bom!
Brincávamos despreocupados,
Sem pensar no futuro,
Sem imaginar o que vinha.

No mar, pulavamos ondas,
Levavamos lambada
Das ondas que iam e vinham.

Brincávamos de peixinho,
Passa-anel,teatrinho.
Era muito bom!
Mas o que eu gostava mesmo
E me dava um certo medo,
Era de brincar no escorregador.

Naquele tempo não era de plástico,
Era de madeira e encerado .
Subiamos uma escada,
Sentavamos
E escorregavamos
Para os braços seguros
De nossa mãe.

Hoje,
O braço seguro
Que me acolhe
É o seu,
Meu namorado!

BEIJOS - Marcia Fernanda Peçanha Martins.


Beijos (*)

Beijo roubado
tem gosto de pecado
de um amor escandaloso
Beijo afobado
vem de alguém acuado
e nem sempre é gostoso
Beijo nervoso
é um gesto tão inesperado
que se mostra receoso
Beijo fraterno
é melhor que um abraço
e sossega o seu cansaço
Beijo terno
é mais que uma declaração
capaz de tirar a razão
Beijo de amigo
é carinho, é porto seguro
de ter alguém no futuro
Beijo de namorado
nem se deve comentar
prá inveja não despertar
Beijo de amante
leva ao inferno e paraíso
e eterniza o sorriso
Beijo de tesão
explode as estruturas
e derruba a criatura

(*) márcia fernanda peçanha martins

ROSAS - Totonho Villeroy, canta Ana Carolina.

http://www.youtube.com/watch?v=3PuMMaR-cWg



Você pode me ver do jeito que quiser
Eu não vou fazer esforço pra te contrariar
De tantas mil maneiras que eu posso ser
Estou certa que uma delas vai te agradar

Porque eu sou feita pro amor da cabeça aos pés
E não faço outra coisa do que me doar
Se causei alguma dor não foi por querer
Nunca tive a intenção de te machucar

Porque eu gosto é de rosas e rosas e rosas
Acompanhadas de um bilhete me deixam nervosa
Toda mulher gosta de rosas e rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas mas sempre são rosas

Se o teu santo por acaso não bater com o meu
Eu retomo o meu caminho e nada a declarar
Meia culpa cada um que vá cuidar do seu
Se for só um arranhão não vou nem soprar

Porque eu sou feita pro amor da cabeça aos pés
E não faço outra coisa do que me doar
Se causei alguma dor não foi por querer
Nunca tive a intenção de te machucar

Porque eu gosto é de rosas e rosas e rosas
Acompanhadas de um bilhete me deixam nervosa
Toda mulher gosta de rosas e rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas mas sempre são rosas

segunda-feira, 13 de abril de 2009

ALMA GÊMEA - Fred Costa.


ALMA GÊMEA”
.
Sei que nascemos predestinados
Estava escrito em alguma estrela poente,
No além foi programado nosso encontro
Felizes desfrutamos este presente.
Em nossas diferenças ficamos encantados
As semelhanças nos pega de surpresa,
Nossos desejos se misturam tresloucados
Só o amor fala por nossas incertezas.
Tudo que vivemos desejamos repetir
Esperamos depois continuações,
Queremos nascer mais vezes
Com um só peito e dois corações.
Você é a alma que sempre procurei
Encontrei numa sintonia angelical,
Creia amor estaremos eternamente ligados
O que Deus abençoa se torna imortal!!!
.
*Fred Costa
.

AO ENCONTRO DAS PEDRAS


Ao encontro das pedras.

Dizem que duas pedras se encontram
Após lançadas...
E águas que passam em um rio
Não voltam...
Diante dessas afirmações
Estou confuso.

Sentimentos foram lançados,
Feito pedras no lago...
E amores ainda deságuam,
Feito roda d’agua...

Cheio de altos e baixos,
Rasos e profundos,
Dão-me sensação
De rarefeito...

Que faço?
Construo um reservatório?
Ou lanço pedras no lago?
Talvez aguardar seja o melhor feito...

Através das quedas d’agua
Rolam – se as pedras ao
Encontro perfeito.


Flávio Cardoso Reis

Uma prosa da Elza Fraga.

"Sou de palavra pouca
falo com olho
economizo boca"

Elza Fraga

http://arterestrita.ning.com/

http://contosincantos.blogspot.com/

http://tempoinverso.blogspot.com/

O MAR ,VOCÊ E EU.



O MAR, VOCÊ E EU

O mar, você e eu...
Tríplice aliança, lugar mágico de encontro,
Redescobertas abertas, multidimensões de visões no ar,
cristais de luz ampliando nosso olhar.
Você se vai
mas deixa aqui comigo seu sentimento,
suas verdades, sua canção de amor, sua voz, sua paz.
Amar é ser sempre livre,
Liberdade de ir e vir sem parar.
No meu coração uma voz ressoa: te quero...
Vai, mas volte,
e pare de novo neste trapiche fincado no mar.

Se eu for
Que eu vá como o vento
Sem paragens para detê-lo,
E volte como brisa em um final de tarde.
Se eu for nesse instante daqui
Que eu vá com a alma,
Feito um corisco em seu clarear,
E possa, em um breve retorno, estar de volta
Para o meu e seu ser...e deixar a vida nos levar.

Sueli Andrade (Poetisa das Marés) e Ibanor Valmir Gehlen
Floripa, 12/abril/2009

PERDAS - Flávio Cardoso Reis.


PERDAS

Já sofri perdas
E junto a perdas
Encontrei pedras
Pedras raras...
As mesmas pedras
Que atiraram em mim!

Já sofri perdas
E derramei lágrimas...
E adiante descobri
Que essas perdas
Eram simples
Páginas...

Páginas que precisavam
Ser viradas,
Para que chegasse
Ao fim!

Hoje me encontro
Nas perdas;
Perdas,
Que acrescentam...
Perdas,
Que aliviam...
Perdas,
Que revelam...
Revelam sentimentos
Perdidos dentro de mim!

(Flávio Cardoso Reis)

sábado, 11 de abril de 2009

OLHAR 43.




É perigoso o seu sorriso,
É um sorriso assim jocoso, impreciso,
diria misterioso, indecifrável, riso de mulher.

Não sei se é caça ou caçadora,
Se é Diana ou Afrodite, ou se é Brigite,
Stephanie de Mônaco, aqui estou
inteiro ao seu dispor. (princesa)

Pobre de mim, invento rimas assim
pra você, e um outro vem em cima
e você nem pra me escutar.

Pois acabou, não vou rimar
coisa nenhuma
Agora vai como sair
Eu já não quero nem saber
Se vai caber ou vão me censurar (será)

E pra você eu deixo apenas
Meu olhar 43,
Aquele assim meio de lado
Já saindo
Indo embora, louco por você (que pena)

Que desperdicio! (tesão)


OUTRA VERSÃO


Com esse olhar 43
E gesto de pura malícia
Menina o que você tem feito
Com meu coração é caso de polícia
Sorriso de adolescente
Corpo de mulher e rosto de boneca
Me deixa em estado de graça
Quando a santa passa, a rua toda peca.
Não tenho vício
Enquanto trabalho, nem quando descanso.
No bar eu não bebo no clube eu não danço.
Baralho eu não jogo, cigarro eu não fumo.
Eu vivo com água na boca
De tanto desejar a sua
Meus olhos tiram sua roupa
“Só cego não vê que eu lhe deixo nua”.
Quem é que não daria tudo?
Pra ter um pedacinho desse mau caminho
O que você pedir eu faço
Pra desse pedaço, ter um pedacinho

sexta-feira, 10 de abril de 2009

SAMBA DA RESSURREIÇÃO.


SAMBA DA RESSURREIÇÃO

Eu me encontro em ti, de forma total.
No teu olhar...é surreal,
me penetra fundo, me toca lá dentro,
vasculha o escuro do meu centro
e ilumina o desencontro do meu ser,
fazendo-me reencontrar, me refazer,
com a essência do que sou,
que a dor dos descaminhos, nas andanças da vida, me usurpou.

A vontade de ser sujeito da minha própria história,
Morta há tempos,
Antes que eu perca a memória
Volta junto com o vento...
Rebrota com a força de um tornado,
dilacerando as minhas entranhas,
explodindo minha carne,
tornando-me viva, pulsante, dona de mim,
sou eu buscando caminhos, fazendo escolhas, decidindo meu destino,
Mistérios sem fim...

Teu olhar me ressuscita e me trás de volta
Sem eu nada temer.
É a minha vida de novo em minhas mãos.
Retomei-a. Ela é minha. Me pertence outra vez.
Começar de novo é a minha nova canção
Cantada no dedilhar das cordas do coração
No samba da roda da vida
Com a mais pura e legítima emoção.

Autora: Sueli Andrade (Poetisa das Marés).

quarta-feira, 8 de abril de 2009

LIVRE - Sueli Andrade (Poetisa das Marés)


LIVRE
Livre pra sentir o teu amor
que me acolhe,
me invade o coração,
me beija,
me transforma em moleca, sapeca,
quebrando as ondas do mar
em meio a risos e respingos de gotas d’água brilhantes,
em nados ao luar,
me atiça com estrelas que saem do teu olhar,
me joga flores que rolam pelo meu corpo,
e caem, amassadas, em meio ao jardim de grama orvalhada,
deixando no ar um cheiro de pétalas perfumadas...
Teu amor,
que habita meu corpo,
que não é mais meu – é teu -
estou em ti... tu em mim,
noite a dentro, sem fim!
Tu me envolves e me acaricias
com a maciez das tuas mãos - contraste inusitado-
toque de seda, lavas de vulcão,
pura magia, sedução.
Entrego os pontos:
Moço, estou morta de paixão.

Sueli Andrade (Poetisa das Marés)

NESSE COLO SONHO DESEJOS.


Nesse colo sonho desejos
.
Ao vê-la assim, na beleza de seus prazeres
Em pintura artesanal
Em corridas pinceladas pelos anjos
Sem correções ou defeitos
Na pureza alva de sua alma
Na brancura de seu amor.
.
Ao vê-la assim cubro-a com os raios lunares
Motivando lembranças, aguçando sabores
Adocicando o paladar do sentimento em poesia
E a endeuso ao som dos clarins santificados.
.
Ao vê-la assim reintegro-me ao passado
Onde um colo em calores maternos
Acolhia-me em alimento puro
No verdadeiro amor estendido
.
Assim colos em bustos oferecidos
Vulcanizaram calores
Aquecendo suores frios
Transpirando desejos formatados
.
Assim acolhiam-me em deitar algodoado
Minha cabeça em tormentos de solidão
Embebedando na frequência de seu coração
Os sonhos germinados em emoções.
.
Ao vê-la assim
Torno-me criança/adulto
Torno-me adulto/criança
Ao saciar em eterna inspiração
O real valor de seu corpo mulher
Criação da mais pura arte
Do grande mestre dos mestres
.
“ao vê-la criei um desejo, ao tomá-la em poesias faturei momentos”
.
Mochiaro

COLO - Conceição Pearce


COLO

Quero o teu colo
Teu abraço
Aconchegar-me
No teu espaço
E te sentir perto de mim
E no silencio desse instante
Único e irrepetível
Poder sonhar
Que esse momento não vai passar
Pois há de se perpetuar
Na minha memória
Além de qualquer história
De que adulto não pode usufruir
Devo admitir
Quero colo
Eu no teu colo
Desarmada
Totalmente
Entregue
Sendo acalentada
E mimada
E provando do calor dos teus braços
Na sublime condição
De ser amada.

CONCEIÇÃO PEARCE

domingo, 5 de abril de 2009

QUEBRA-CABEÇA . Dueto.



QUEBRA CABEÇA
.
.
.
.
Quebra-cabeça
Seguindo os passos
Para encontrar minha alegria,
Eu me voltei.
Fui ao passado,
Procurando caminhos.
Busquei-me,
Naqueles extremos
Dos abismos de mim mesma,
Nos pequenos e complicados
Quebra-cabeças da minha existência,
Encontrando peças que faltavam,
Juntando, errando, acertando.
Finalmente me encontrei e
Junto veio minha alegria.
.
(Betânia Uchôa)
.
Trilhei por teu profundo caminho
Tentando te fazer feliz
Pensei em voltar
Quando lembrei do nosso passado
Busquei o nosso ponto de partida
E quando te encontrei
Naquele momento culminante
Saímos de um precipício irreal
Desatamos todos os nós
Fomos juntando as peças
Somando cada pedacinho de nós
Delicadamente encaixando-nos
E finalmente nos descobrimos
Deixando nossa alma em contentamento
.
(Edson dos santos)

sábado, 4 de abril de 2009

QUE SERÁ DE TI - Moacyr Franco.


Que será de ti
Quando a ilusão
Em teu coração
For chegando ao fim?
E sintas que a vida então vá passar
Deixa em ti a angustia de compreender
Que sem esta fé que nos dá o amor,
Nada pode ser...

Que será de ti
Sem os beijos meus,
Sem os meus abraços
Que só foram teus?
Meu carinho fiel te acompanhará
Tuas amarguras dissipará
E com o perdão
Do meu coração
Acharás a paz...

Falarão de mim todos os caminhos que percorremos
Recordando-te as horas que ali vivemos
E sentirás a saudade do meu querer
Ansiando volte o amor que não pôde ser...

Que será de ti,
Sem os beijos meus,
Sem os meus abraços
Que só foram teus?

Meu carinho fiel te acompanhará
E tuas amarguras dissipará
E com o perdão
Do meu coração
Acharás a paz...

Que será de ti?

SERÁ?- Maria Lúcia Inocêncio Camargo.



As alianças são
O símbolo do infinito,
Significa o compromisso
Que se leva prá vida toda!
Na alegria e na tristeza,
Ou deveria !

Mas hoje não é assim,
Os compromissos tem
Sim, começo, meio e fim!

E um fim melancólico
Que marca a vida
Prá sempre,
Trazendo infelicidade,
Tristeza, choro, agonia.

CONSELHO TARDIO - Maria Lúcia Inocencio Camargo.

 
Devia ter ouvido você,
Seu conselho não aceitei
Você me desafiou
Desafiada estou
E agora,estou dividida,
Triste,dolorida.

Essa coisa de amar
É complicada
Pois sem a pessoa amada
Somos metade,
Você sabe
E ontem me disse!
Falou tão triste,
Pois sabe que errou!
E essa metade
Quer a outra
Prá ser uma!
Mesmo estando repleta
Sem você estou vazia!

TE AMO - Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Te amo.

Te amo com tanto querer,
Que chega até a doer,
Meu coração de amor.

Te amo,e me contenho
Para não te abraçar,
Para não te beijar,
Em qualquer lugar
E ás vezes não resisto.
Quando vejo,já te toquei,
Do mesmo modo é você!
E ás vezes, nem nos tocamos,
Não é necessário.
Acho que é o amor,
Chamado transcendental.

Te amo com tamanha intensidade,
Que chego a ter medo disso que sinto.
Esse amor é tão profundo,
Parece abraçar o mundo.

Quando estamos perto,
Sou a pessoa mais feliz
Da terra .É tão forte
Esse amor, que ninguém
Poderá destruí-lo,
Nem a dor,
De estar longe-perto.

E quando precisamos,
Á um simples chamado apenas,
Largamos tudo o que fazemos,
Para atender um ou outro.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

CHIRUA - Poetisa das Marés.


CHIRUA

Fui tua Chirua,
com cheiro de fruta do mato, de flor.
Tu me chamavas de “vida”, de “amor”.
Entraste em minha vida e me quiseste tão de repente,
tão insistente tu te fizeste
que me tiveste em pensamento
no tempo da gente.
Me recebeste, me prendeste
em teus meandros, em teus enredos,
em teu rancho de chão batido,
cantando um chorinho com tanto encanto
por um tempo somente.
Tocamos o limite impoderável
que o mistério do nosso encontro proporcionou,
trazendo pra nós o imensurável
razão suprema da vida – ah, o amor!
E ao cair da noite,
quando tu chegavas da lida do dia, cansado,
entre beijos entrecortados,
rindo, sobre teu corpo eu me debruçava,
meus cabelos sobre teu rosto caindo
e tu docemente, os afastavas
eu, qual cotovia, te sussurava:
“Sou tua Chirua, tua companhia,
tomei a forma do teu querer
pra em ti viver e de amor morrer”.

Sueli Andrade (Poetisa das Marés)

quarta-feira, 1 de abril de 2009

UMA NOVA MULHER - Simone

http://www.youtube.com/watch?v=J0yIsb_7N7k




Uma Nova Mulher
Simone
Composição: Paulo Debétio - Paulinho Rezende

Que venha essa nova mulher de dentro de mim,
Com olhos felinos felizes e mãos de cetim
E venha sem medo das sombras, que rondam o meu coração,
E ponha nos sonhos dos homens
A sede voraz, da paixão
Que venha de dentro de mim, ou de onde vier,
Com toda malícia e segredos que eu não souber
Que tenha o cio das onças e lute com todas as forças,
Conquiste o direito de ser uma nova mulher
Livre, livre, livre para o amor....quero ser assim, quero ser assim
Senhora das minhas vontades
E dona de mim livre, livre, livre para o amor, quero ser assim,
Quero ser assim, senhora das
Minha vontades e dona de mim....
Que venha de dentro de mim, ou de onde vier,
Com toda malícia e segredos que eu não souber
Que tenha o cio das corças e lute com todas as forças,
Conquiste o direito de ser uma nova mulher
Livre, livre, livre para o amor quero ser assim, quero ser assim,
Senhora das minhas vontades
E dona de mim livre, livre, livre para o amor, quero ser assim,
Quero ser assim, senhora das
Minhas vontades e dona de mim....
Que venha essa nova mulher de dentro de mim
Que venha de dentro de mim ou de onde vier
Que venha essa nova mulher de dentro de mim

UNI-VERSO DOS SONHOS


Uni-Verso dos Sonhos

Entro no universo dos sonhos
em busca de um traço, ao menos
um ponto que me mostre o caminho
da alma, brisa mansa acalenta desejos!

Mergulho nos seus lábios no aconchego
do seu corpo, busco me completar
nos laços que nos unem, o universo sorri
conspirando nosso amor, nada a dizer

dentro da nossa nudez, nos amamos
no mais profundo silêncio e paz da alcova!
Sinto-me voar qual gaivota voa sobre o mar,
livre sorri quando sobrevoa as palmeiras

que balançam os galhos verdes, numa dança
ao som dos ventos, tremulando folhas,
escancarando sua majestade singela, bela
e nós dois enrolados nos lençóis, nos amando!

Marta Peres

SONHOS - Amaro Pereira.


SONHOS / AMAROPEREIRA

“ Sonhos”

Você precisa sonhar
navegar no mundo da imaginação
conversar com o seu lado virtual
deixar a paz entrar no seu coração.

Sonhe o mais alegre dos sonhos
não deixe a tristeza destruir sua ilusão
viva uma história de amor
viaje numa grande paixão.

Esqueça por momentos,
a aflição do mundo real
quem sabe que dentro de um sonho
exista uma saída para o sofrimento atual

Sonhar é viver... é criar
é só fechar os olhos ... e viajar
é dizer : vou ser feliz
Me envolver com o que você desejar.

VEM DORMIR COMIGO -Poetisa das Marés.


VEM DORMIR COMIGO

Vem, meu amado...vamos dormir entrelaçados,
sonhar juntos nossos sonhos de amor.
Quero deitar nos teus braços, como teu dengo,
descansar meu sorriso na tua boca,
fechar meus olhos sobre os teus
como cobertura de lenço,
deixando o sono chegar de mansinho
bem de leve, ternamente,
como o vento que sopra, devagarinho
levantando a cortina da janela,
deixando entrar a lua com sua claridade, tão bela,
iluminando teu corpo, amado meu,
tu que me agarras feito tua Cinderela,
e sobre mim te debruças, com tua envolvente ternura,
entre os lençois perfumados, que vão ficando desarrumados,
vão se espalhando pelo chão, em desalinho, amassados,
pela necessidade do nosso amor
que deixamos explodir
como um homem e uma mulher
enlouquecidamente apaixonados
por um amor presente, verdadeiro
sem fraude, só nosso,
totalmente, inteiramente.

Sueli Andrade (Poetisa das Marés)

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...