sábado, 31 de janeiro de 2009

ONDE TU ESTAS. Poetisa das Mares.


ONDE TU ESTÁS?

Onde tu andas, amor meu,
que te escondes assim de mim?
Te procuro na alvorada, quando a manhã se descortina
Corro atrás das nuvens imaculadas
E não te encontro... estou em completo desatino.

Vou abrindo as faixas do arco-íris
Olhando uma uma,
Tentando te descobrir nas cores deste corredor de paz.
Da lua me debruço
Querendo, em alguma estrela cadente, te achar.

Feito um pássaro veloz volto pra terra
Empurro as ondas do mar
Mergulho de cabeça no mais profundo dos abismos
Vou ao deserto, queimo meus olhos nas areias
escaldantes de tanto olhar,
quero, em algum oásis, te avistar.
E nada, lá também tu não estás.
Reviro as montanhas, as florestas,
peço ajuda à Jane e ao Tarzan,
subo em árvores,
procuro até na casa de Robin Wood,
vou às cidades, às vilas, ando nas periferias,
mas parece que te evaporaste,
não sei mais onde te buscar.
Moída por esquadrinhar tantos lugares
Durmo no último raio de sol e...êpa, espere!
Me deu um estalo iluminado!
Olho pra dentro de mim
e te vejo lá, olhos piscando, arregalados,
feliz, agarrado nas cordas do meu coração ritmado.
Tu estavas o tempo todo dentro de mim...e eu, tola! A te procurar na imensidão do universo vazio de nós dois, à toa.
O mundo só se torna concreto, pleno, pessoal, com o referencial do nosso amor sem igual.

Poetisa das Marés, Sueli Amália...

Querida,
Eu também procurei o meu amor em vários lugares, mas ele estava dentro do meu coração.

O AMOR DA PROVIDENCIA DIVINA.

Santa Casa de Santos.
O AMOR DA PROVIDÊNCIA DIVINA

Você me fez renascer
Quando eu já fraquejava,
Minhas forças me abandonavam
Com o infortúnio que me abalava.
Em uma cama de hospital
Já nada mais me interessava,
Conformado com a desventura
Desse mundo já me retirava.
Mas a vida não nos pertence,
A hora não nos é revelada.
Quando pensamos tudo perdido
A Providência Divina nos é demonstrada.
Você apareceu
E a mim se dedicou
Com sua presença em minha vida
Tudo nela se transformou.
Recobrei o amor próprio
Meu astral você levantou.
Lutei por minha vida
O seu amor me ajudou.
Hoje, estou saudável!
Esse sentimento me curou.
Nosso Pai Celestial
Com seu amor me abençoou.
Autor – GUERREIRO DA LUZ – SOL

FILHOS. Maria Lúcia Inocêncio Camargo




Filhos!
Maria Lúcia Inocêncio Camargo

Sei que você está querendo acertar.
A dor que você esta sentindo,
Ninguém pode curar,
Nem eu que te quero tanto!

Então nossos filhos crescem
sobre as nossas asas
Pensamos que eles estão protegidos,
Mas,vem a decepção.
E aquilo fica gravado
Em nosso coração,
Como uma marca.
Feita com ferro em brasa!

E a dúvida nos martiriza,
Onde foi que erramos?
O que fizemos para
Merecer tal atitude?

Aí nossos cabelos
Antes negros e brilhantes,
Pouco a pouco embranquecem,
E as rugas se aprofundam.
E nós nos sentimos velhos,
Impotentes,doentes e choramos...
Sozinhos ou sobre ombros amigos...

Substitua a palavra mãe por pai e terá a letra da música, amor!E pode deixar filho único, pois podemos ter cinco filhos, mas cada um é único para nós.Roberto Carlos e Erasmo Carlos estavam inspiradíssimos quando escreveram a letra dessa música!
Eu amo você de montão,e agora você sabe!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

HOJE EU QUERO TE DAR...


HOJE EU QUERO DAR...

Hoje eu quero te dar a noite mais bela
Te cobrir com as flores mais perfumadas.
Hoje eu quero te dar
as estrelas mais brilhantes
o meu sorriso mais radiante
Hoje eu quero te dar meus
versos mais bonitos.
Hoje eu quero te dar o
meu abraço mais carinhoso
O meu beijo mais gostoso...
O meu abraço apertado...
Hoje eu quero te dar minha
amizade mais verdadeira.
Minha cumplicidade,acompanhada
com minha simplicidade
Hoje eu quero te dar o meu coração
Com toda sua emoção
Hoje eu quero te dar o que tenho mais
de mais simples, porem de grande valor
Hoje eu quero te dar o meu amor...

(Fernanda Maia)

SAUDAÇÕES A QUEM TEM CORAGEM.


SAUDAÇÕES A QUEM TEM CORAGEM!
(Victtoria Rossini)
.
Saudações aos guerreiros do planeta terra!
Que tiveram a audácia
De cruzar a passagem
E carregar esses corpos
Pesos mortos
De armaduras pesadas
Feito de cargas cármicas passadas
Que tem que manobrar
.
Parabéns aos corajosos
Que peregrinam mesmo receosos
Achando que nem mapa vem...
Olhem bem nas suas roupas
Vasculhem as suas trouxas
Vocês têm mais que pensam que tem
.
Dentro de cada um tem escondido
Mapas do infinito
Bússolas com direção correta
Dicas das senhas certas
Alforje com água do amor,
Escondido no coração
Espírito de sabedoria,
Como luz acima do olhar
Certificado de reconhecimento
Da paternidade Divina
Que anima cada ser
.
Olhem para si!
Se conheçam...
Se reconheçam ao caminhar.
Mas andem...Sempre...
Bem vindos guerreiros estelares!
Saudações a quem teve coragem
De aportar aqui nesse chão.
.

CARTA DE ALFORRIA.


CARTA DE ALFORRIA

Toca-me, amado meu, suavemente,
enquanto o sol, com seus raios aquecidos, acaricia minha pele,
deixando-me com esta sensação permanente de indolência gostosa,
preguiça, vontade de em seus braços ficar.
Vê meus olhos como estão a brilhar?
É a paz que inunda meu coração,
fazendo-me feliz, flutuar na canção
que ouço dentro de mim,
me queimando toda,
dando-me a carta de alforria
de libertação
de qualquer peso ou culpa
que o passado queira me condenar.
Quero você, amado meu, pra estar comigo,
desfolhar-me nas tardes solitárias do outono frio
sem pressa de amar, sem ausência do olhar,
com sua presença inteira, alma, coração e corpo
me abraçando,
eu e você
formando um coração em um só ninho
como de um casal de passarinhos.


Poetisa das Marés, Sueli Amália 28/01/2009

NOSSO MOMENTO


Você está presente
Em todas as estações
Em todas as canções
E todas as sensações.
E onde quer que eu vá
Te levo no pensamento.
Guardo-te em mim
Tal qual um grande tesouro,
Aguardando o nosso momento.
Porque te preciso, te busco.
E quando acontecer, você vai ver
Que não há limites,
Nem tempo, nem distância
Nem saudades, nem crises.
Vai ser o nosso momento!
E terei todo o tempo do mundo...
Para sonhar, para amar.
Tempo para viver
A vida com você.
Com todos os seu encantos.
Com todos os seus mistérios.
Isso é tudo o que mais quero!




(Márcia Pereira S Pellegatti)

EU VOCÊ E UM AMOR.


EU VOCÊ E UM AMOR...
Eu sou chuva de verão e você,
tempestade em meu coração.
Eu sou chuva que cai,você solo que absorve.
Eu sou a serenidade quando o sol se põe
e você o mistério que anuncia a noite...
sou a realidade, você a fantasia que me invade...
Eu sou a busca e você é meu refúgio.
Eu sou o cadeado,e você a chave que liberta...
Eu sou coração, e você a minha razão
Eu sou o que seus olhos não podem ver
E você o enigma que eles escondem...
Somos cúmplices de um mistério que é de todos
mas não é de ninguém, vai muito longe vai além.
Somos eu e você a imagem que não se revela
O sons que não podem ser traduzidos...
Somos eu e você dois seduzidos pelo
Feitiço do amor...
(Fernanda Maia)

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Musica: CONSELHO.



Se você me encontrar pelas ruas
Não precisa mudar de calçada
Pense logo que somos estranhos
E que nunca entre nós houve nada.

Não precisa baixar a cabeça
Pra não ver os meus olhos nos seus
Passarei por você sem rancor
Sem lembrar que entre nós houve adeus.

Nossos sonhos são tão diferentes
E o remédio é mesmo deixar
Que esse amor se desfaça com o tempo
Sem que seja preciso chorar.

Entre nós não há culpa nem mágoa
O destino que assim escreveu
Poderemos achar noutros braços
Esse amor que entre nós não viveu
Poderemos achar noutros braços
Esse amor que entre nós não viveu.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

CUMPLICIDADE.


CUMPLICIDADE

Temos sonhos
Projetos anseios desejos
Sonhados
No silêncio do coração
Um sonho só
Pois sozinho se processa na imaginação
Num voo solitário para dentro de si mesmo
Mas quando se tem alguém
Que nos permite sonhar junto
Esse sonho já não é abstração
Mas o desejo de dois corações
Que compartilham em comunhão
Que pulsam na mesma aspiração
Tornando a esses que sonham unidos
O mesmo sonho em algo real
Construído lado a lado.

Conceição Pearce

Conceição.
Você traduziu muito bem esse sentimento.
Obrigada,
Maria Lúcia.

AMIGOS DOS MEUS AMIGOS,MEUS AMIGOS SÃO.


ENTALADO NA GARGANTA

Tanto rio, tanto mar... terra,
tanto cheiro de queimadas,
quanta poluição !
Tanto peixe, tanto leão... tigre,
quanta extinção !
Tanto petróleo, tanto ouro... prata,
quanta exploração !

Tanto ar, tanta alvorada... pôr-do-sol,
quanta poluição !
Tanta puma, tantas araras azuis ...
tantos maravilhosos papagaios,
quanta extinção !
Tanto carro, tanta moto... avião,
quanta exploração !

Tanto sol, tanta chuva... calor,
quanta poluição !
Tanto elefante, rinoceronte... gorila,
quanta extinção !
Tanta pressa, tanto álcool... drogas,
tantas mortes no transito,
quanta Exploração !

Tanta biologia, tanta mata,
tanto incêndio,
tanta manobra de corrupção,
quanta poluição !

Tanto pirarucu, tanta cachoeira,
tanta destruição,
tanto nobre de espírito,
quanta extinção !

Tanto gado, tanto fogo,
tanta insensibilidade,
tanto choro de fome,
quanta exploração !

Maldades negligentes,
subconscientes coletivos,
fumaça, homem, ganância,
Poluir, Extinguir, Explorar ! ´
´´´´´
PAULO MAC INTYER SIMÕES

Publico pois gostei e concordo com as palavras do poeta.
Além disso o Paulo é amigo da minha amiga, portanto é meu amigo também.
Amigos, não é triste saber que por nossa causa, peixes lindos como esses vão desaparecer?
Maria Lúcia.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

VOCÊ ME DIZ CADA COISA! Maria Lúcia Inocencio Camargo


Você me diz cada coisa!
E de um jeito que me deixa
Louca, de amor e desejo.

Diz que quer ler os meus versos,
Mas a primeira vez que fez isso,
Você ficou tão assustado!
Ficou vermelho, gaguejou,
Suou frio, engasgou,
Tentou declamar na brincadeira,
Que eu desisti na hora!

Agora só falo deles,
E você curioso, com vontade
De vê-los.

Não agora não mostro mais,
Embirrei!
Não vou perder o meu tempo,
Minha tinta. A impressora
Não ligo. Pra ver você
Daquele jeito!?

Você vai ter que esperar,
Até eu ter coragem
E mandar publicar!

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

SONHEI QUE ESTAVA BAILANDO! Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Quando você me convidou, não acreditei.
Minhas pernas tremeram tanto...
E você falou daquele jeito,
Que só você tem, mais ninguém.

E eu perguntei duas vezes:
Vamos?!Admirada!
E você com sua autoridade:
VAMOS!E falou umas palavras
Que não quero repetir...
E me pegou pelas mãos,
Me levou até o salão,
Aconchegou á mim seu coração,
E uma vez mais
O milagre aconteceu...

E outra vez bailamos,
E foi como se sempre
Tivéssemos feito isso.
Senti você ofegante,
Pois a música era rápida,
E mais e mais girávamos,
Esquecidos do mundo.


Tomei o elevador,
Que me levou ao céu!
E lá fiquei pairando,
Girando, girando girando!
E você falando ao meu ouvido,
Palavras tão sem sentido!
Mas o que importa?
Eu não queria entender!

E por uma eternidade,
Eu fui feliz de verdade!
Mas de repente, ouvi
Sua voz me chamando...
Você pela mão me levando...
E eu fui voltando lentamente.
Quando vi, estava sentada,
No banco de uma praça em Paris,
Eu estava sonhando acordada!


Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

SE EU TIVESSE QUE ESCOLHER...Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Se eu tivesse que escolher
Entre uma noite de amor
Com luzes de velas acesas,
Camisolas de rendas,
Lençóis de cetim branco,
Um bom vinho francês,
Um lugar muito luxuoso,
Pétalas de rosas
em cima da cama...

Se eu tivesse que escolher
Entre uma vida inteira
com você como meu amigo,
Me protegendo,me guiando,
Conversando comigo,
Rindo,falando,dançando,
Como só você sabe fazer,
Escolheria a segunda opção.

Não pestanejaria nem um segundo,
Pois para mim o que mais importa
É ter você todo dia á minha porta,
Como amigo, do que ter uma noite
Louca, mágica,inebriante e ... perder você!

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

Mãe Morena.


MÃE MORENA
.
Não dimensiono toda a tua dor,
Não equaciono todo o teu cansaço,
Tuas náuseas e vertigens...
Passarão...
As mudanças em teu corpo,
As noites em que dormes pouco...
Passarão...
A tua beleza morena,
A tua garra tamanha,
A tua estrada pequena...
E o tom disforme que ganha...
Passarão...
O teu sorriso sereno,
O teu martírio mais lindo,
As tuas promessas sem preço...
Chegarão em alguns dias...
A ternura do teu sorriso,
O amor que me mantia,
Do qual precisava e preciso...
O negro véu que escorre de tuas lembranças,
Torna a magia morena tão precisa e preciosa como teu ventre...
Ventre que depositei um pedaço de mim...
Pois foi a vida que quis assim...
E te tornes ainda mais bela...
Trazendo mais uma vida pra mim...
.
Sérgio 25.01.2009
Copyright by Sérgio Ildefonso 2009 © Todos os Direitos Reservados


Achei lindo, um homem homenagear a gravidez da mulher por isso publico.

Meu doce anjo...
passo horas do meu dia
a sombra da lembrança
do teu meigo sorriso
Vem meu gentil querubim
que eu beberei em tua boca
o gosto doce do teu amor
Meu Amado...
deixa-me voar nas brancas asas
dos teus sonhos de amor
E eu me envolverei,meu amado,
n'aquilo que oculta
o teu misterioso coração
como posso meu querido amor
amenizar essa saudade
que me corrói a alma
Só Deus para afagar
a minha dor de amor...
Vem meu anjo...
deixa-me tocar nas pontas
dos teus dedos...
para que eu possa diminuir,
a dor tão grande...
da minha saudade!
Maria Luz

Amados e Amantes.


Querida amiga...

Tu és misteriosa e encantadora.
Com tua sutileza leva os homens a paixão,
Porém, tuas mensagens me são reveladoras,
Porquanto pessoas como nós
Necessitam de muita dedicação.
Precisamos nos sentir amados e amantes,
Somos: Sedução, amor e paixão.
Se amamos e somos tocados
Respondemos com calor e explosão.
Sedutores sempre seremos
Pois em nós bate muito forte o coração.
AMAR É MUITO LINDO!

Autor – GUERREIRO DA LUZ (EAS)
14/05/2008

CIDADE DISTANTE.


CIDADE DISTANTE

Tua cidade é muito longe
Para este pobre sonhador
Sem condições de viajante
Para encontrar com o seu amor.

Sofro e sou feliz!
Mesmo estando tão distante.
Agradeço todos os dias
Poder sonhar com você.

Algum dia tenho certeza
A vida vai me favorecer.
Então estaremos juntos,
Não irei mais te perder.

Autor – GUERREIRO DA LUZ (EAS)

domingo, 25 de janeiro de 2009

PÁSSARO PRESO - Jenário de Fátima



Pássaro preso


Jenario de Fátima


Faça de mim aquilo que quiseres,
Sacie tua carne, teus desejos.
Tua intenção, seja qual lá tiveres,
Minha hora é submissa a teus ensejos.

Mas por favor, aquilo que me deres,
Não diga a teus amores andarejos.
Não tens idéia o quanto me feres,
Quando contas ao mundo dos meus beijos...

De ti já quis me livrar, fugir, porém,
Ao ver as ilusões que a liberdade tem
Somente uma certeza enfim obtive;

É que sou qual uma ave de gaiola
Que ao soltar-se, vai ao céu, voa, decola,
Mas fora da prisão não sobrevive.

UM POEMA DE UM NOVO AMIGO DE PORTUGAL.


Paulo J. Ramalho:
Quem me dará a mão
Quando do mundo não restar nada...
Quem mostrará a luz
Quando meus olhos estiverem
Cansados da escuridão...
Quem me trará a água
Quando minha boca
Estiver seca de sede...
Quem me mostrará a esperança
Quando meu mundo estiver
Tomado de desilusões...
Quem irá me ouvir
E me dar bons conselhos
Quando o mundo se fizer de surdo e se calar...
Quem irá atender ao telefone
Quando minhas mãos tremerem ao discar o número...
Quem irá ouvir meus gritos de socorro
E virá me socorrer...
Somos fiéis a uma amizade
Poderemos estar no abismo
Mas jamais soltaremos as mãos.
Mãos unidas por um forte laço
Chamado AMIZADE
Dois AMIGOS, duas ALMAS
Seguindo um mesmo caminho.

sábado, 24 de janeiro de 2009

PISTA FALSA Dueto -Jenário de Fátima e Maria Lúcia I. Camargo




Pista falsa.


Jenario de Fátima


Ah! Quantas vezes nós andarilhamos!
Seguindo a rota de alguns leves passos.
Crendo que o amor que tanto buscamos,
Estejam ali em sinais tão escassos.

E quantas vezes nós nos encantamos
Com o mero acudir de alguns abraços,
E prontamente neles entregamos
A ânsia de deitar nossos cansaços.

Porque será que somos atraídos
Por algo assim que tão pouco realça?
Sei não!...é que andamos tão desiludidos,

Que nossa mente em desatino alça
Visões de alguns tesouros escondidos....
Mesmo sabendo que é uma pista falsa...

Jenario de Fátima

RESPONDENDO Á VOCÊ

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


Os sinais são tão claros,
Você diz com seus olhares,
Você fala com sua boca,
Você pediu, assuma.
Mesmo que seja pra quebrar
A cara...
Não tenha medo de nada,
Estou aqui á sua espera...

Isso não é coisa minha apenas,
Você se insinuou, você me provocou.
Pense bem,
você já vem
de outras desilusões...
Pense,querido,
que o que não serve prá um,
pra outro serve sim.
O mundo é assim!

Portanto, descanse sua cabeça,
No meu ombro que já sofreu
Tanto desencanto.
Confie e venha!
Vamos juntos , andar por ai,
Procurar os tesouros que merecemos.
Me dê um voto de confiança.
Acredite, não é possível esse amor,
Que dura já tanto tempo,
Ser uma pista falsa...



Desculpe a ousadia, Jenário,
Mas é que não resisti em responder.

AMOR SENTIMENTO QUE FAZ FLUTUAR.


AMOR SENTIMENTO QUE FAZ FLUTUAR

Quando estamos amando
Transformamo-nos em sonâmbulos
De tudo nos desligamos
Só ao amor nos entregamos.

Sentimento que nos faz flutuar.
Sentirmo-nos leves como a pluma
A balançar ao sabor do vento
Em movimentos suaves a nos elevar

Tudo se faz belo
Nada pode nos afetar
Pois só a pessoa amada
Conseguimos visualizar.

Vamos amar!
Vamos a esse sentimento nos entregar!
Pois só amando estaremos
Contribuindo para o mundo melhorar.

Autor – GUERREIRO DA LUZ - SOL

DE OUTRO TEMPO.


DE OUTRO TEMPO

Não sou um ser do meu tempo
nem leio o grande Drummond,
já li.
...e preferi embrenhar-me
pelo grande sertão: Veredas,
onde o lendário Riobaldo,
com seu banzo de jagunço,
poderá me indicar outra invernada.
Quero fugir do jornal, da guerra
e do grito das coisas...
Não quero escrever sobre isso,
mas a folha, em sua brancura ingênua,
já se acostumou ao estupro da tinta
e...calada...
vai degustado esse sabor opaco das letras.
Notícias boiam
e atordoam as mentes confusas,
que não sabem o que fazer
com os dias que não se foram
nem sabem onde fica o Liso do Sussuarão.



Basilina Pereira

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

DUAS POESIAS DE MARIA LÚCIA INOCENCIO CAMARGO.


EU TENHO MUITA SORTE

Eu sou bafejada pela sorte
De ter um homem assim como você.
Ter ao menos em meu coração,
Como uma luz de esperança,
Como um farol para a vida.

Amar é muito bom,
apesar do medo
de não ser correspondida.
=====================================================================================



INCERTEZA

Talvez, seja o sol,
Talvez seja a chuva,
Talvez seja o campo,
Talvez o rio que passa...

Talvez a fumaça
do café que queima
e se espalha pela praça.

Talvez seja a serra,
Talvez a ordenha,
Talvez seja a gente,
Desta terra ordeira...

Talvez as cachoeiras
Tenham culpa, talvez...
Talvez seja o leite,
Entregue de casa em casa.
Talvez seja o cheiro
Do mato que foi cortado.
Talvez a culpa seja
Do céu estrelado.
Talvez a lua seja culpada,
Talvez!
Mas a verdade verdadeira,
É que talvez seja sua culpa
Eu estar tão apaixonada!

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

Duas lindas poesias desse lindo poeta.


.
Lembranças
*
*
*
Jenario de Fátima
*
*
*
Quantas ...Quantas noites mal dormidas,
Vendo o deslizar das horas mortas,
Vagamos por imagens absortas
No silêncio da casa adormecida.
*
Quantas as lembranças produzidas,
Que tomam de assalto o vão das portas
E erguem um retrato em linhas tortas
Daquilo o que foram nossas vidas.
*
E neste emaranhado sempre tem
A dor d'uma lágrima sentida
Que recorda-nos a face de alguém.
*
Alguém, por quem a alma chora e sonha
E o abraço ao travesseiro é a saída
...Mesmo que as vezes lhe encharque a fronha!
*
--------------------------------------------------------------------------------
Pista falsa.
*
*
Ah! Quantas vezes nós andarilhamos!
Seguindo a rota de alguns leves passos.
Crendo que o amor que tanto buscamos,
Estejam ali em sinais tão escassos.
x
x
E quantas vezes nós nos encantamos
Com o mero acudir de alguns abraços,
E prontamente neles entregamos
A ânsia de deitar nossos cansaços.
x
x
Porque será que somos atraídos
Por algo assim que tão pouco realça?
Sei não!...é que andamos tão desiludidos,
x
x
Que nossa mente em desatino alça
Visões de alguns tesouros escondidos....
Mesmo sabendo que é uma pista falsa...
x
x
Jenario de Fátima

O ENGANO.


O Engano - Alfonsina Storni

Sou tua, Deus sabe porque, já que compreendo
Que haverás de abandonar-me, friamente, amanhã,
E que embaixo dos meus olhos, te encanto
Outro encanto o desejo, porém não me defendo.

Espero que isto um dia qualquer se conclua,
Pois intuo, ao instante, o que pensas ou queiras
Com voz indiferente te falo de outras mulheres
E até ensaio o elogio de alguma que foi tua.

Porém tu sabes menos do que eu, e algo orgulhoso
De que te pertence, em teu jogo enganoso
Persistes, com ar de ator dono do papel.

Eu te olho calada com meu doce sorriso,
E quando te entusiasmas, penso: não tenhas pressa
Não es tu o que me engana, quem me
engana é meu sonho.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

HOJE NÃO DORMI.


HOJE NÃO DORMI
(Victtoria Rossini)
.
Antes de não dormir
Me embriaguei com teus beijos
Marquei os azulejos
A me arrastar pelo chão
Procurando teu corpo molhado
Marcado pelo pecado
A me alucinar de tesão
Risos, toques, sabonetes
Só lembro do corpo quente
Me abalroando na contra mão
corpos lisos, indecisos
mordidas, gemidos, suspiros
Foram dias, de peregrinação...
Sem sono!
Só sonho...
É maldição?

Eu só queria te tocar.



EU SÓ QUERIA TE TOCAR...
Tudo que eu queria era um dia te tocar,
e poder segurar bem forte as suas mãos
no seu peito deitar para ouvir
as batidas do seu coração.
Eu queria tocar sua face, como um cego
decifra cada expressão.
Eu queria te tocar onde ninguém vê
com os olhos da face.
Eu queria te tocar, a pele e sentir teu
cheiro de flor banhada com orvalho
da manhã.
Eu queria te tocar como o mar toca a areia
Como a lua, toca a noite
E o sol, o dia...
Queria tanto te tocar,que você nem
possa imaginar...
Eu só queria te tocar um dia...
E dizer bem de mansinho no seu ouvido:
Vida!Eu tô aqui!Vim te dizer que eu,
AMO VOCÊ!
(Fernanda Maia)

ASAS - Leni Martins.


ASAS

★ Deixe-me voar,
 ★ devolvam-me as asas escondidas
  ★ não são asas de anjo
   ★ são asas de minha vida.

★ Deixe-me voar,
 ★ dê-me condições de saltar
  ★ no vento, não me cortem as asas
   ★ não são asas de pássaro,
    ★ são asas do pensamento.

★ Dê-me asa de anjo, ou de
 ★ Pássaro errante
  ★ quero voar distante,
   ★ ver estrelas brilhantes
    ★ deixar o tempo me levar.

★ Não me cortem as asas,
 ★ Deixe-me voar,
  ★ não são asas de anjo
   ★ são meus braços estendidos no ar

★ abraçando a liberdade,
 ★ deixe-me voar.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

RENEGADO.


RENEGADO
(Victtoria Rossini)

“A pedra que os edificadores rejeitaram
Acabou se tornando pedra de esquina”...

O amor que já foi renegado
Hoje é sagrado
Intocável
Adorado

O tempo se tornou aliado
E o sentimento que sempre esteve escondido
Pode enfim ser resgatado

Repousa no cofre da alma
Calado
Selado
Secreto...
Mas compartilhado

Segredo repartido
Por dois seres amantes
Que não vivem só para o instante
E sabem que o que sentem
É bem maior
Do que os seus lábios confessam


Querida, sua poesia é plena de verdade.
Quando a gente ama e é amada,
A gente não precisa falar nada,
Pois um sabe o que o outro sente.
Isso é telepatia.
Maria Lúcia I. Camargo

domingo, 18 de janeiro de 2009

MEU NOME É MARIA LÚCIA.(Maria Lúcia Inocêncio Camargo)




Meu nome é Maria Lúcia.

De hoje em diante, não serei mais Maria.
Também não serei conhecida como Lúcia.
De hoje em diante serei Maria Lúcia,
Para qualquer pessoa que perguntar meu nome.
Você me pediu, com uns olhos tão meigos,
Com tamanha aflição na voz,foi tão contundente
O pedido ,que não posso deixar de atender.


Porque você falou isso?
E repetiu duas vezes,
Seu nome não é Lúcia,
Seu nome é Maria Lúcia.
Seu nome não é Lúcia,
Seu nome é Maria Lúcia.

E quem sou eu pra discordar?
Na realidade, meu nome é esse mesmo.
Como dizia minha falecida tia,
Que também é minha madrinha.
E tinha razão , com certeza.
Mas não posso dizer o que ela
Na sua sabedoria me falava.

Nunca gostei do nome Maria,
Preferia sempre o Lúcia.
Mas como você me pediu,
Serei sempre MARIA LÚCIA.

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

EU AMO VOCÊ.



EU AMO VOCÊ
Eu amo você não pela beleza
da sua face...
mas pelo que seus olhos me dizem...
Eu amo você não pela força de suas
mãos que nunca toquei,
mas pelas marcas que elas carregam
como fotografias da sua historia de vida.
Eu amo você não porque seu sorriso
é bonito,mas pelas vezes que eles foram
oferecidos, quando as lágrimas inundavam
sua face e mesmo assim você teve força
de os contemplar,quando a dor te consumia
Eu amo você não pelo seu coração
que já bateu por outros amores,
ou ainda bate,
mas porque ele não sabe dar desculpas,
ele perdoa...
Quer saber porque te amo?
Pelo seu valor, é como uma nota de
dinheiro de alto valor,que mesmo dobrada,
amassada,pisoteada,suja,ela não perde
seu valor, assim é você para mim...
E assim é você consigo mesmo, que tempestades
podem vim, e devastar seus sonhos, alguns já
construídos, você sempre terá o seu valor,
sua honestidade, meu pai dizia:
não basta ser honesto,tem que parecer honesto
e eu sei do seu caráter e sua honestidade.
Podemos estar tão próximos
quanto as pessoas possam imaginar,porque
a distância que separa corpos,une corações.
Assim como os espíritos existem mas,
poucos viram,assim sou EU e VOCÊ
Por isso eu AMO VOCÊ!
Embora talvez, nem você se dê conta disso...

(Fernanda Maia)

QUERO TE VER . Victtoria Rossini



QUERO TE VER
(Victtoria Rossini)

Quero te ver
Acordado
Relaxado
Gargalhando
A luz da lua
A luz do sol
Pra mim

Quero te ver dormindo
Ao meu lado
Ou saber que saí
E dormes na minha cama
Nu

Quero te ver
Tirando a roupa
Se arrumando pra sair
Quero te dar banho
E te por pra dormir
Ao meu lado

Quero te ver
Comendo
Bebendo
Na minha mesa
No tapete da nossa sala
Na cozinha
No bar
Comigo

Quero te ver
Gozando
Tremendo
Grudado em mim
Balbuciando meu nome
Dizendo que me ama

Quero te ver
Quero te ter
Meu!

SER AMIGO É...



_SER AMIGO É...___

Ser amigo é ser herói anônimo,
com grandes poderes.
Poderes esses que te faz sorrir,
quando se quer chorar,
segurar as lagrimas,
não as deixando cair.
Ser amigo é te ferir com a verdade,
ao invés de fazer
sorrir com a mentira.
É te dizer o que você precisa ouvir
e não o que você quer,que ele te diga
Assim quando se é pequeno,
um sopro cura qualquer ferida,
assim são os amigos,um sopro no ego.
Ser amigo, é ser irmão,pai,mãe,amor
amante,ser amigo é apaixonante.
Ser amigo é ser amor, não há fronteiras,
não há barreiras que os cercam, não há terra
que ele não nasça.
Ser amigo,é ir além do ódio, da raiva,
da soberba,do preconceito.
Amigos são médicos da alma.
Ser amigo não é para qualquer um,
amigos não se compram,se conquistam.
Ser amigo é saber desvendar a alma sem agredi-la
sem desrespeitar o espaço do outro.
Coração de amigo, não bate ele acaricia, coração
de amigo não desculpa, ele perdoa.
Um verdadeiro amigo é um presente,feito
pelas mãos divinas, e embrulhado a laços
de fraternidade, embalado na caixa
do incondicional,e entregue a um coração
especial o SEU...

Obrigada por ser meu AMIGO!
(Fernanda Maia)

MENINO PASSARINHO. LUIZ VIEIRA.

http://www.youtube.com/watch?v=AAsQeio1IxM


Essa música descreve perfeitamente o objeto da minha paixão.
Desejo que ele consiga alçar grandes voos e que nessa viagem só encontre ventos á favor.
Eu só quero que ele faça o que o deixe feliz.
E Luiz, onde você estiver, quero que você saiba que eu adoraria ter escrito essa música.
Sei, com certeza, que o céu está muito alegre com as músicas que você faz aí.

sábado, 17 de janeiro de 2009

GOSTO DO SEU JEITO.-. Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Gosto do seu jeito de homem menino,
Curioso em saber o porquê das coisas,
Procurando entender o que você vê.

Quem senão você iria amar a mãe
Com tanta devoção e humildade?
Reverenciando-a , como se visse
Nela o exemplo de trabalho e santidade!?

Quem senão você teria tanto respeito
Pelo pai desaparecido tão cedo?
Lembraria de tantos casos, fatos,
E falaria dele com tanta emoção,
Sinceridade,gratidão? Só você!

Pois você é assim , um homem,
Um menino que guarda lembranças,
Que se emociona. Que poucas pessoas
Conhecem, pois você se protege
E só uns poucos privilegiados,
Encontram a chave da porta secreta
Que abre o seu lindo coração!

Homem menino, menino homem,
Que serve de esteio pra família toda,
Que dá conselhos, que é admirado,
E que por isso sente-se responsável
Em dar bons exemplos sempre.

Menino homem, homem menino,
Que passou tantas privações,
Que cresceu, que lutou ,que viveu,
Que amadureceu e venceu!
Que passou tantas coisas na vida
Imagino tudo o que você sofreu!

Meu menino homem,meu homem menino,
O seu destino é seu,todinho seu.
Como o de tantos que vieram aqui
Em busca de um sonho
e aqui encontraram.

Menino homem, homem menino,
O destino pregou-lhe uma peça!

.

PROCURA-SE UMA ROSA.


Procura-se Uma Rosa

A rosa de que preciso
é flor nativa de mim.
Eu quero a rosa precisa
princípio
meio e fim.

A rosa de que preciso,
não a rosa dos poetas...
Mas a rosa imponderável
dos loucos
e dos profetas.

A rosa de que preciso,
não das mãos dos jardineiros...
Quero a rosa padecida
das feridas
dos romeiros.

A rosa de que preciso
vem do olhar dos passarinhos.
A rosa para ser rosa
não precisa
dos espinhos.

Eu quero a rosa votiva
dos vitrais e reposteiros
entre preces conspirada
no conluio
dos mosteiros.

A rosa de que preciso
não é a rosa-dos-ventos...
Quero a rosa irresoluta
biruta
dos cata-ventos...

A rosa de que preciso
vem de abismos e desertos
como a palavra perdida
reencontrada
em meus afetos.

Às vezes mais que loucura!
Às vezes mais que razão...
A rosa de que preciso
é amor
mais que paixão...


(A. Estebanez)

LEMBRANÇAS


Lembranças
.
.
Quantas ...Quantas noites mal dormidas,
Vendo o deslizar das horas mortas,
Vagamos por imagens absortas
No silêncio da casa adormecida.
.
Quantas as lembranças produzidas,
Que tomam de assalto o vão das portas
E erguem um retrato em linhas tortas
Daquilo o que foram nossas vidas.
.
E neste emaranhado sempre tem
A dor d'uma lágrima sentida
Que recorda-nos a face de alguém.
.
Alguém, por quem a alma chora e sonha
E o abraço ao travesseiro é a saída
...Mesmo que as vezes lhe encharque a fronha!
.
Jenário de Fátima
.
.

ALFAJORES.


ALFAJORES

Na terra do tango de Gardel me lembrei de ti.
Passei na Doceteria do Shopping e não resisti:
comprei alfajores pra te dar,
uma doce lembrança para te agradar,
imaginando jogá-los na tua boca
e degustar em ti chocolates – sou chocólatra,
viciada feito louca.

Mas, onde estão os alfajores?
Quase se perderam no meu caminho...
Tu não os quiseste, não lhes deu o menor valor, garoto grande menino!
Meus preciosos (pra mim), insignificantes (pra ti) chocolates...
E aí me deparei com outro pequeno menino, pobre, de olhos tristes,
no sinaleiro da esquina onde passo,
todos os dias, ele, com cara de cansaço,
a me pedir: moça, tem aí um trocado?
Pensativa que estava, levei um susto!
Olhei pro menino, retribuindo-lhe o mesmo olhar
triste, cabisbaixo, desanimado, com que me fitava.
Lembrei do meu presente, Chocolates Rejeitados,
e retirei da minha bolsa a caixinha de alfajores,
ali esquecida, perdida, amassada,
de tanto andar pra lá e pra cá, a te esperar.
Estendi-lhe, com as mãos ainda trêmulas da decepção sofrida,
tão real, dolorida,
os alfajores, trazidos de tão longe, apertados junto ao meu peito
como um lote precioso de jóias sem defeito
mas que não causaram nenhum efeito.
O menino arregalou os olhos, segurou-os fortemente e sorriu.
Eu olhei pra ele e também sorri.
Avistei, além da Avenida Beiramar, as ondas do mar, bem altas, como a me saudar.
Meu coração estava, de novo, em paz!
A vida é o que a gente faz!

Poetisa das Marés, Sueli Amália (14/janeiro/2008)

(Poesia dedicada ao Antônio, menino de rua encontrado na esquina do sinaleiro
da Rua Altamiro Guimarães com Bocaiúva, que recebeu uma caixa de alfajores argentinos e comeu-os avidamente, sem parar...)

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

COLHA VERDADES DE MIM


COLHA VERDADES DE MIM

Colha, não só flores do seu jardim...
colha verdades de mim
que só seu olhar profundo
consegue detectar
fazendo um raio X da minh'alma
porque me encara de frente
e me sente
como ninguém é capaz
neste mundo deficiente de amor paz.
E colhendo-as, acarice-as, afague-as,
com seus beijos de príncipe bendito
que sabe curar feridas doloridas
porque entende-as em suas dores já sofridas.
Então minhas verdades,
que me cortam e sangram a carne,
embaladas pelo seu aconchego,
curadas pelo seu olhar de acolhimento benfazejo,
serão transformadas em flores perfumadas
a enfeitar nosso jardim de Amor e Paz!

Poetisa das Marés, Sueli Amália

DOIS CORAÇÕES.




DOIS CORAÇÕES

Quando dois corações se amam
Ninguém consegue separar,
Pois tem um sentimento de encanto
E de profundo respeito a consolidar.

Admiram-se mutuamente
Estão fisicamente distantes
Mas, o que representa a distância,
Se em cada mente o outro está presente.

Os laços que os envolvem
Fortalecem-se diariamente
Tem algo em comum
Que só a eles pertence.

De alguma forma estão juntos
Usam os meios ao alcance
Para um dialogo constante.
Creiam! É uma forma de romance!

Autor – GUERREIRO DA LUZ (EAS)

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

ESTOU LENDO UM LIVRO SOBRE MILIONARIOS -Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


Aliás, o livro não é sobre milionários, é para você se tornar um milionário.
O livro é:
" Os segredos de uma Mente Milionária" e o autor é T.Harv Eker, que dá muitas dicas sobre como pensa um milionário e um pobre e é claro que se você pensar como um pobre, será pobre a vida inteira e se pensar como um rico, ficará rico.
Eu acredito muito nisso!
Nós somos o que pensamos, logo, se pensarmos pequeno, seremos pequenos, se pensarmos grande, seremos grandes.
O problema é que nós somos condicionados desde pequenos, a maioria de nós, a ser pobres , pois , segundo as ideias de nossos pais, "cada qual com seu igual".
Segundo T.Harv , deve ser o contrário. Se queremos ser ricos, devemos nos rodear de pessoas ricas e aprender , ver, entender o que elas fazem.
Eu sou uma buscadora, não uma seguidora, então, sempre estudei muito sobre religiões e tenho a minha própria.
Nesses anos em que fui em busca da espiritualidade, fiz vários cursos e aprendi e estou aplicando muitas coisas.
Uma delas é que se eu quero ser positiva, devo me rodear de gente positiva e fazer o que elas fazem . Então me afastei de todas as pessoas negativas da minha vida, inclusive família e companheiro.E deu muito certo.
Hoje só procuro amizades de pessoas que tem a ver com o meu espírito positivo, alegre.
Se deu certo em relacionamentos,em família, dará também em relação á dinheiro.
Sempre ouvi dizer que "é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha, do que um rico entrar no reino dos céus". Hoje tenho certeza que isso não é verdade!
Primeiro lugar, porque se Deus é pai, ele não vai querer ver um filho dele na pior, ele vai ajudar. É isso o que fazemos com os nossos filhos.Com Deus não seria diferente.
Temos a tendência de reclamar de muitas coisas, mas não fazemos nada positivo para mudar.
Eu estou tentando e tenho certeza que vou conseguir.
Estou no meu ano um, então tenho que fazer o melhor, para que nos próximos anos, tenha o melhor, colha o que plantei.
Quem quiser ler o livro, recomendo, pois é um livro para a vida , não é só para ter dinheiro!
E custa muito barato. Já gastei muito em livros de auto-ajuda,recomendo esse.
E digo mais, não é verdade que para alcançarmos o Reino de Deus precisamos sofrer.
Podemos sim,alcançar o Reino de Deus através das coisas boas.
Amo poesias, mas até essas eu escolho, pois aquela que diz," ser Mãe é padecer no paraíso" eu descarto. Para ser mãe não é necessário sofrer, ainda mais no paraíso, onde acredito que não há sofrimento, só alegrias.
Precisamos mudar nossos pensamentos, sim e eu estou aprendendo muito com o meu Amado
também, pois eu era muito faladeira e hoje, penso mais do que falo.E pretendo mudar muito mais!
Por isso escrevo, pois escrevendo, posso parar, voltar, repensar, revisar , mudar o que não está bom.Quando falamos, as palavras saem aos borbotões e quando vimos, já ofendemos, já erramos e não temos tempo para mais nada.
Também aprendi que "o demônio não pode ler nossa mente, Deus não deixa, porque se ele lesse, ninguém se salvaria".Tem lógica esse pensamento! Temos um momento só nosso, que é para amadurecer as ideias.
Para me exercitar, estou escrevendo antes de falar, assim posso verificar se não estou ofendendo, se aquilo está bom ou não.
Bem, é isso mesmo que queria escrever e escrevi.
(Tive que revisar várias vezes!)

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

HOJE PRECISO DIZER QUE TE AMO.


HOJE PRECISO DIZER QUE TE AMO

Hoje eu preciso dizer que te amo,
mais do que ontem.
E quando digo eu te amo,
não é um amor qualquer
É um amor construído,
em pilares de respeito,
Cumplicidade, amizade,desejo.
Hoje preciso dizer que te amo,
porque você não entrou,
em minha vida,como muitos,
que por elas passaram,
mas você marcou mais que ferro e fogo.
Nascemos em épocas diferentes,
nos perdemos de corpos,
e nos encontramos em almas...
Hoje eu preciso dizer que te amar,
é pensar tão forte
em você,que te faça ouvir meu pensamento...
É olhar para o horizonte, e ver no
pôr do sol o teu sorriso.
Hoje eu preciso dizer que te amo,
por tudo que me ensinou.
Hoje te reverencio
,não como um deus, mas como
O ser humano maravilhoso que você é...
Antes de ir para cama,
vou te dar um upa, como
criança,te abraçar bem forte,sentir teu cheiro
de colo de Deus, e me cobrir com perfume de
sua alma...
Hoje eu preciso dizer que te amo,pelo simples
fato de amar,o meu amor,que é VOCÊ!


(Fernanda Maia)

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Você também é muito atrevido! Maria Lúcia Inocêncio Camargo


Que atrevimento,
Não acreditei quando vi!
Eu acho que até você se surpreendeu
Com o que aconteceu!
Atrevido, atrevido, atrevido!
Mil vezes atrevido!

Estou incrédula até agora!
Atrevido!
E a tua cara... atrevido!
Que atrevimento!
Atrevido!

Mas gostei desse atrevimento,
Gostaria que acontecesse mais vezes,
Seu atrevido, atrevido, atrevido,
Mil vezes atrevido!

Você também está apaixonado,
Atrevido!

Te amo de paixão, atrevido!
Pensei que eu quizesse atenção,
Mas ví que não, atrevido!
Estou mesmo apaixonada!
Atrevido,atrevido, atrevido,
Mil vezes atrevido!

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

DE QUE SÃO FEITAS AS COISAS.




DE QUE SÃO FEITAS AS COISAS
(Victtoria Rossini)
.
Os milagres estão nas palavras.
Feliz de quem sabe
Escolhe-las
assimilá-las
Tê-las como suas aliadas
Para se revestir
Para alimentar
Para transformar
A si
Ao mundo.
Para construir
Os sonhos
O futuro...
.
_ Eu sou o todo de tudo
Eu sou feito de palavras
Que são tudo que há
.
Quem tiver ouvidos para ouvir ouça
.
_ Eu sou a voz que se propaga no silêncio
E mantêm tudo o que É
.
Eu sou
Eu sou
Eu sou

Victtoria,
Menina, você está que tá !
Quanta inspiração!
Beijos,
M.Lúcia.

Palavras de um abortado!

PALAVRAS DE UM ABORTADO
(Victtoria Rossini)
.
Estava na fila para nascer
Há muito tempo...
.
Então chegou minha vez
Saltei o portal
Me revesti de carne
Me enrodilhei
E esperei a passagem
.
Mas a viagem foi abortada:
_Me mataram!!
Me tiraram de lá
Destruíram meu corpo
Tive que voltar
Mas voltar pra onde?
Não há caminhos
Que eu saiba trilhar
.
Anjos me socorreram
Estou num hospital
Dia e noite alguém me embala
E canta pra me ninar
.
_ A morte não existe!
Ninguém pode te matar
Apenas destruíram teu corpo
Mas milhões você pode criar
Você é filho da vida
É espírito eterno
E pra sempre viverá!
.
Enquanto escuto a voz
Reconstruo um novo corpo
Pra noutro mundo habitar
.
.
.
Publico, pois sou totalmente contra o aborto e assim ensinei meus filhos !
Sou espiritualista e sei quanto problema acarreta o aborto, tanto para a mãe quanto para o bebê!
Depois então que eu constelei, tenho mais convicção ainda!
Não tenho nada contra quem o faz,mas nas Casas de Alan Kardec, onde se recebe mensagens de pessoas que já se foram, a revolta desses espiritos abortados é muito grande.
Se as Igrejas Católica, Evangélica , de Ritos Orientais,Umbanda são contra, quem sou eu para discordar?
A verdade é que se faz sexo, como se bebe água.Pior do que isso, pois a água não tomam qualquer uma.Escolhem boas marcas. Não se assume a gestação por vários motivos:raciais,morais e de aparência.
Não se pensa no serzinho indefeso que quer ter nova oportunidade na vida, que quer crescer espiritualmente.
Então, como as pessoas são hipócritas, não tem raiva do estrupador, do pedófilo, de si mesmo, pela gestação inconveniente.
As pessoas tem ódio das poesias que falam sobre o tema, tem ódio de quem publica, tem ódio de quem manifesta sua opinião contrária ao aborto.E abortam! Expelem a criança que é um ser vivo, que é sim filho ou filha de Deus.Que tem alma! Que tem vida.
Essas pessoas merecem apenas que eu ore por elas e as abençõe muito.

Neste dia...Quarenta ou Cinquenta minutos!


Amor-Perfeito.
NESTE DIA...QUARENTA OU CINQUENTA MINUTOS!


Te ofereço o meu amor,
com todo o fulgor,
você pode dizer sim
ou pode dizer não.
A amizade nos envolveu,
a frequência me despertou,
o vestido me atraiu,
o decote me encantou.
Te dou o meu corpo,
te enlaço, te enrosco com fervor,
nestes quarenta ou cinquenta minutos,
te aconchego com ardor.
É como posso te amar
é o tempo que te posso dedicar,
pequeno, mas tão intenso
só assim podemos estar.



AMARILIS PAZINI AIRES

Devoro-te e Decifro-te

Somente uns versos.


SOMENTE UNS VERSOS

Pensei fazer um poema
com a força do azul do mar
e a sutileza da pena
onde eu pudesse grafar

saudades da Elis Regina,
do Raul Seixas a cantar,
Milton, Gal, voz de menina,
em serenata ao luar.

Queria, sim, Freddie, Elvis,
seu remelexo frenético
pra lembrar que suas pélvis
deixaram o mundo patético.

Ousei sonhar em review:
um Sonho de Liberdade
o filme que discutiu
hipocrisia e maldade.

Meu poema iria além
das palavras do momento
e fugiria também
destes parcos sentimentos,

por que “tantos sinos dobram”
e lágrimas desenham rios,
sofrimentos? dos que sobram.
Nada de efêmero ou vazio.

Mas aí pensei então:
que tal somente estes versos?
-Acorda! É só pretensão!
Muitos já passaram perto.


Basilina Pereira

Quanta saudade do Fred Mercury!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Você é tão lindo, com a sua cor...Maria Lúcia Inocêncio Camargo


(Foto do cantor Alexandre Pires).

Você é tão lindo!

Você é tão lindo, com a sua cor, o seu cheiro,
Que fica em mim.
A tua tez cor de cobre, combina com teu cabelo.
E hoje então, você se superou.
Pensava em você, quando você chegou
Não sei o que será de mim,
Quando eu for viajar,
e ficar sem você por um mês inteiro.
Mas eu preciso ir, navegar por esses mares,
Pra voltar com mais saudades de você!
E eu fico olhando a sua cor,
E acho lindo tudo isso.
Ouço você , bebendo suas palavras.
E quando você me chama,
Pensando que eu não te ouço?
Sinto arrepios . Meus pelos,
Ainda bem que são pequenos,
Pois senão você perceberia.
Que ousadia!
Agora estou mais contida,
Já consigo me controlar!
E é muito engraçado, ver você tamborilar,
Com seus dedos de músico,
Dedilhando meu corpo, em todas as escalas:
De sol, de fá ,de ré, dó maior, menor...
Nem sei quantas músicas tocamos,
Nestes meses em que nos encontramos...
Você me surpreende cada dia.
Você fala de você, eu falo de mim...
Ás vezes eu finjo não escutar,
Só pra você me chamar!
Ás vezes eu me assusto com seu gesto,
Mas faço cara de paisagem,não me entrego!
E você me olha, sem entender...
Eu vejo o ponto de interrogação se formando,
E eu fico te olhando...
Então, de repente do nada,
Gargalhamos com vontade!
Estou aqui escrevendo e meu filho está dizendo:
-"Você rí do que você mesma escreve?"
E eu dou muita risada,
Pois da primeira vez que eu vi você,
Sabia, que algo ia acontecer!
Foi amor á primeira vista!

Maria Lúcia Inocencio Camargo

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...