domingo, 4 de janeiro de 2009

Dueto.


Simplesmente um sonho
.
É noite!
Pelas frestas da janela
Penetra o vento, a uivar.
Ouço da rua os movimentos
Ouço o vento,
Mas não ouço você
Não vejo você
Não sinto você.
Procuro-te nos meu sonhos,
No som de uma canção,
No brilho das estrelas
Nas batidas do meu coração
Tento te achar nas frases vazias,
Nas horas infinitamente celestiais
Somente um sonho?
Talvez, nada mais.
.
Amarilis Pazini Aires
03/01/09
.
Noite vazia...
.
Vento uivante...
Ouço o barulho a penetrar
Pelas frestas de minha janela
Ao som de aquarela...
Como uma canção de ninar
Adormecido...
Vejo um mundo encantado,
Um belo som apaixonado,
É minha sereia a cantar;
Mas não a vejo
Não a sinto.
Tento acha-la, não consigo,
Ouço apenas as ondas fortes do mar,
Em sua plenitude a balançar.
Com o pulsar do meu coração,
Vejo estrelas no céu, ilusão!
Noite vazia, tempos iguais...
Apenas um sonho!...
Magia!... nada mais.
.
(Dolandmay)
03-01-2009
.
Os direitos autorais são protegidos
pela lei nº 9610/98
violá-los é crime estabelecido pelo
artigo 184 do Código Penal Brasileiro
OBS:NÃO COPIE SEM DIVULGAR A AUTORIA

Nenhum comentário:

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...