quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

CARTA DE ALFORRIA.


CARTA DE ALFORRIA

Toca-me, amado meu, suavemente,
enquanto o sol, com seus raios aquecidos, acaricia minha pele,
deixando-me com esta sensação permanente de indolência gostosa,
preguiça, vontade de em seus braços ficar.
Vê meus olhos como estão a brilhar?
É a paz que inunda meu coração,
fazendo-me feliz, flutuar na canção
que ouço dentro de mim,
me queimando toda,
dando-me a carta de alforria
de libertação
de qualquer peso ou culpa
que o passado queira me condenar.
Quero você, amado meu, pra estar comigo,
desfolhar-me nas tardes solitárias do outono frio
sem pressa de amar, sem ausência do olhar,
com sua presença inteira, alma, coração e corpo
me abraçando,
eu e você
formando um coração em um só ninho
como de um casal de passarinhos.


Poetisa das Marés, Sueli Amália 28/01/2009

Nenhum comentário:

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...