domingo, 8 de agosto de 2010

PAI, AINDA SOU CRIANÇA - Marisa Barrionuevo.


Pai, ainda sou criança.
Marisa Barrionuevo

Pai, me dê um abraço
Mesmo que teus braços
Já não suportem o meu peso.
Pai, me dê um carinho
Mesmo que tuas mãos
Sejam ásperas de tantos calos.
Pai, me dê um beijo
Mesmo que seus lábios
Não tenham firmeza.
Pai, me dê um sonho
Mesmo que os teus
Tenham se perdido no tempo.
Pai, me dê um sorriso,
Um só me basta
Para que eu sinta o teu amor.
Meu pai, meu porto seguro
De gestos trêmulos
E olhar firme.
Pai, simplesmente te amo
e já não quero crescer
para não me perder de você.


Visite no orkut a comunidade Marisa e suas poesias...

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=44033244

Um comentário:

Marisa disse...

Três meses de saudades.
Meu pai, meu porto seguro.
Marisa Barrionuevo

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...