quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Desilusão-Soneto.

Soneto -Desilusão

Pra que sentir, pra que Amar?
Teu desejo, não está em mim...
Tudo que eu queria era o fim
Da angústia e do meu pensar!...

Por teu Amor, não mais chorar...
Não aguento mais viver assim
Tú não diz -nem fala um sim...
Para o coração sem alma nem ar.

A afiada lâmina a pele corta...
Perdição, nada me tem valor
Sem ti, o mundo não importa!...

Quero ficar na ilusão, e na dor...
Se teu coração não tem porta
Não tenho a chave do Amor!

( Dolandmay )

Nenhum comentário:

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...