sábado, 29 de novembro de 2008

Ausência Infinita!


AUSÊNCIA INFINITA
Noite fria sem sua presença!
Falta-me o calor da sua pele esquentando a minha,
Escondendo meus olhos da claridade do sol que dispersa raios multicores por todo o meu quarto quando o dia amanhece,
deixando passar luzes pelo vitrô colorido da porta.
Meu coração repete, no silêncio desesperador do nosso canto de aconchego, agora imóvel, estático, sem vida,
as palavras que você destilava feito mel, em surdina, pra me convencer de um amor ainda possível,
enquanto eu, com a cabeça apoiada no seu colo, lutava pra não me deixar levar pela ilusão de um Amor infinito.
Não me entrego...acho que perdi o tempo do amor no tempo da vida...
Um cansaço me pesa, as incertezas desmoronam minhas tênues certezas...
Certezas? Tenho-as eu de que?
Sangro porque percebo que não sei sair de mim
e simplesmente viver,
apesar de você e de mim!

Poetisa das Marés, Sueli Amália de Andrade



Sueli, é sempre um prazer receber uma poesia sua.
Hoje, estou apaixonada e muito feliz , mas já estive assim também, iludida com um amor que achava infinito. Foi, enquanto durou!

Nenhum comentário:

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...