sábado, 4 de outubro de 2008

O Amor não tem Idade

O amor não tem idade,
O que existe na realidade,
É um amor diferente,
Maduro e consciente.
Não se faz tantas loucuras,
Mas vive-se um amor ternura,
Que lindamente brota no coração.
O amor não tem idade,
Mesmo na velhice
Tem suas vaidades.
Ledo engano pensar
Que amor maduro é insano
.Talvez já não se possa dançar,
Talvez a dança seja
Até com passos mais lentos.
Mas para que dançar
Se de mãos dadas podemos caminhar?
E se não pudermos...
Ainda podemos nos olhar...
E se formos cegos,
Ainda poderemos nos tocar...
Para o amor , um meio sempre há.
Carinhos podemos trocar,
E se ainda quisermos,
O que hoje, falta já não faz,
Pois o amor é capaz de até isso superar...
Sexo podemos fazer.
Como os jovens?
Certamente que não.
Mas com a certeza,
De que o carinho ali vivido
Não é para ser exibido
Mas vivido com emoção...
O amor não tem idade.
O corpo envelheceu,
Mas no coração apareceu
A doçura, a ternura, a sinceridade,
Que muitas vezes não possuíamos
Em nossa tenra idade.
O amor maduro tem na realidade
A consciência de que amar faz bem.
E que amar é o bem que todos precisamos
Em nossos lindos corações
Independentes de nossas idades...

Claudete Silveira

Claudete Silveira. Professora Estadual formada pela FAFIL de Cachoeira do Sul.
window.google_render_ad();

Nenhum comentário:

Uma mulher apaixonada pela vida!

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Minha lista de blogs

Arquivo do blog

Loading...